AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA CONSULTA DE ENFERMAGEM EM INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

Ilziane Tomaz Ferreira, Karla Torres de Queiroz Neves, Antônio Wendel Nogueira Oliveira, Thatylla Rayssa Alves Ferreira Galvão, Elisa Matias Mangane, Leilane Barbosa de Sousa

Resumo


Objetivo: avaliar a qualidade da consulta de enfermagem em infecções sexualmente transmissíveis. Método: Trata-se de pesquisa exploratória e descritiva, desenvolvida nas Unidades de Básicas de Saúde do Município do interior do Ceará. Participaram da pesquisa cinco enfermeiros. A coleta de dados ocorreu por meio da observação direta das condutas em três ocasiões. Foram classificadas em satisfatórias as condutas que tiveram frequência relativa de sim e/ou não se aplica acima de 90%, intermediárias as que tiveram frequência relativa entre 70% e 90%, e insatisfatórias as que tiveram frequência relativa abaixo de 70%. Resultado: A anamnese realizada por enfermeiros no controle de IST ocorre de maneira intermediária. O exame físico e o aconselhamento foram classificados como insatisfatórios. Conclusão: Enfermeiros devem ser qualificados e capacitados para a assistência adequada em infecções sexualmente transmissíveis.

Descritores: Qualidade da assistência à saúde; Infecções sexualmente transmissíveis; Enfermagem.

ASSESSMENT OF THE QUALITY OF NURSING CONSULTATION IN SEXUALLY TRANSMITTED INFECTIONS

Objective: Evaluate the quality of nursing consultation on sexually transmitted diseases (STDs). Methodoly: This is an evaluative, exploratory and descriptive study. The study was developed in October, November and December of 2015 in the Basic Health Units (UBS) of a town in Ceará state. The data collection took place through direct observation and evaluation of the technique employed by health professionals, on three occasions, when the frequency of recommended procedures were recorded in the instrument itself. From the data obtained, the entries were tabulated and classified as satisfactory for procedures that had yes and / or did not apply above 90%, intermediate for frequencies between 70% and 90% and unsatisfactory below 70%. Results: The anamnesis performed by the nurses in STD control were considered intermediate. Physical examination and counseling were classified as unsatisfactory. The only procedure with satisfactory results was the recording of the data on the card and the attendance card. Conclusion: Nurses must be qualified and trained for appropriate care in sexually transmitted diseases.

Descriptors: Health care quality; Sexually transmitted diseases; Nursing.

EVALUACIÓN DE LA CALIDAD DE LA CONSULTA DE ENFERMERÍA EN INFECCIONES SEXUALMENTE TRANSMISIBLES

Objetivo: Evaluar la calidad de la consulta de enfermería en las enfermedades de transmisión sexual. Método: Se trata de la investigación evaluativa, exploratorio y descriptivo. El estudio se realizó de octubre a diciembre de 2015, las unidades básicas de salud de una ciudad en el interior de Ceará. La colección fue a través de la observación directa y la evaluación de la técnica utilizada por los profesionales de la salud, en tres ocasiones distintas. De los datos obtenidos, que se tabularon y se clasifican como adecuados para los procedimientos que tienen frecuencia relativa de sí y / o no se aplica por encima de 90%, el compuesto intermedio para la frecuencia relativa entre 70% y 90% e insatisfactoria debajo del 70%. Resultados: La anamnesis realizada por enfermeras en el control de las ITS es la forma intermedia. El examen físico y asesoramiento se clasificaron como insatisfactorio. Conclusión: Las enfermeras deben estar calificados y capacitados para el cuidado adecuado de las infecciones de transmisión sexual.

Descriptores: La calidad de la asistencia sanitaria; Infecciones de transmisión sexual; Enfermería.


Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Ministério da Saúde. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Infecções Sexualmente Transmissíveis [Internet]. Brasília, 2015 [cited em 06 abr 2017]. Available from: http://www.aids. gov.br/pt-br/pub/2015/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticaspara- atencao-integral-pessoas-com-infeccoes.

Moreira TM, Parreira BDM, Diniz MA, Silva SR. Conhecimento das mulheres idosas sobre doenças sexualmente transmissíveis, conhecimento, uso e acesso aos métodos preventivos. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2012 [cited em 06 abr 2017]; 14(4): 803-10. Available from: https://www.fen.ufg.br/revista/v14/n4/pdf/v14n4a08.pdf

Ministério da Saúde (BR). Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais: Portal sobre aids, doenças sexualmente transmissíveis e hepatite viral. DST no Brasil. Ministério da Saúde [Internet]. 2010 [cited 20 abr 2017]. Available from: http://www.aids.gov.br/pagina/o-departamento.

Ministério da Saúde. Portaria nº 1625 de 10 de julho de 2007. Informativo [Internet]. 2007 [cited 28 abr 2017]. Available from: bvsms. saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2007/prt1625_10_07_2007.html .

Martins ACS, Ferraz LM. Atuação do enfermeiro no diagnóstico e no tratamento do herpes genital, na atenção primária à saúde. Rev. APS [Internet]. 2014 [cited 28 abr 2017]; 17(2). Available from: https:// aps.ufjf.emnuvens.com.br/aps/article/view/2006.

Ceará. Secretaria da Saúde. Metodologia de melhoria da qualidade à saúde: instrumento de melhoria do desempenho. Fortaleza: SESACE, 2005.

Santos N, Veiga P, Andrade R. Importância da anamnese e do exame físico para o cuidado do enfermeiro. Rev Bras Enferm. [Internet]. Brasília, 2011 [cited 24 abr 2017]; 64(2): 355-8. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v64n2/a21v64n2.pdf.

Brasil EGM, Queiroz MVO, Cunha JMH. Acolhimento à adolescente na consulta de enfermagem – estudo qualitativo. Online Brazilian Journal of Nursing [Internet]. 2012 [cited 24 abr 2017]; 11(2): 346- 358. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/ article/view/3752

Soares NV, Dall’agnol CM. Privacidade dos pacientes – uma questão ética para a gerência do cuidado em enfermagem. Acta Paul Enferm [Internet]. 2011 [cited 29 abr 2017]; 24(5): 683-8. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ape/v24n5/14v24n5.pdf

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Resolução COFEN nº 311/2007: Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem. In: Conselho Federal de Enfermagem [Internet]. 2007 [cited em 31 abr 2017]. Available from: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen- 3112007_4345.html.

Oliveira AS, Lima TM, Campos FC, Bezerra KC, Oriá MOB, Damasceno AKC. Avaliação da prevalência de infecções genitais em gestantes atendidas em consulta de enfermagem ginecológica. Rev. enferm. UERJ [Internet]. Rio de Janeiro, 2013 [cited em 28 abr 2017]; 21(2): 228-33. Available from: http://www.e-publicacoes.uerj.br/index. php/enfermagemuerj/article/view/7191.

Diógenes MAR, Linard AG, Teixeira CAB. Comunicação, acolhimento e educação em saúde na consulta de enfermagem em ginecologia. Rev. Rene [Internet]. Fortaleza, 2010 [cited em 29 abr 2017]; 11(4): 38- 46. Available from: http://periodicos.ufc.br/rene/article/view/4586.

Taquette SR, Rodrigues A de O, Bortolotti LR. Percepção de pacientes com AIDS diagnosticada na adolescência sobre o aconselhamento pré e pós-teste HIV realizado. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2017 [cited em 24 abr 2017]; 22(1): 23-30. Available from: http://www.scielo. br/pdf/csc/v22n1/1413-8123-csc-22-01-0023.pdf.

Santos MTS. Guia de Boas Práticas para informar, educar e comunicar com eficácia e de forma adequada para a prevenção e controlo das IST/VIH/SIDA [Internet]. 2011 [cited em 23 abr 2017]. Available from: http://aventurasocial.com/arquivo/1310395951_guia_ de_boas_praticas.pdf.

Seignemartin BA, Jesus LR, Vergílio MSTG, Silva EM. Avaliação da qualidade das anotações de enfermagem no pronto atendimento de um hospital escola. Rev Rene [Internet]. 2013 [cited em 28 abr 2017]; 14(6): 1123-32. Available from: http://www.periodicos.ufc.br/rene/ article/view/3724.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2018.v9.n3.1119

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.