CARACTERIZAÇÃO CLÍNICA E EPIDEMIOLÓGICA DE PACIENTES VÍTIMAS DE ACIDENTES MOTOCICLÍSTICOS

Itala de Sousa Damasceno, Tarciana de Macêdo Alves, Lidyane Rodrigues Oliveira Santos, Michelle Cristina Fianco, Sarah Nilkece Mesquita Araújo, Maria Neidiane Lima da Silva

Resumo


Objetivo: caracterizar o perfil clínico e epidemiológico dos pacientes vítimas de acidentes motociclisticos em um Hospital geral de Urgência e Emergência. Metodologia: estudo descritivo, quantitativo de delineamento longitudinal e prospectivo do tipo documental, realizado nas clínicas ortopédica e neurológica entre março a abril de 2016 em um hospital público do Piauí. Resultados: 90,1% eram do sexo masculino, 54,5% eram solteiros, média de idade 34 anos, 26,7% tinham ensino fundamental incompleto, 32,7% eram lavradores, 51,5% procedentes do interior do estado. 33,7% não usavam capacete, 15,8% estavam alcoolizados, 30,7% tiveram fratura fechada, 80,2% realizaram cirurgia. O tempo médio de internação foi de 6,64 dias. Conclusão: variáveis importantes para a caracterização do perfil desses pacientes não são registradas; necessário se faz uma atenção mais acurada com vistas a contribuir para conscientização sobre a problemática em questão.

Descritores: Trauma, Acidente motociclístico, Enfermagem.

CHARACTERIZATION CLINICAL AND EPIDEMIOLOGICAL OF VICTIMS OF MOTORCYCLICAL ACCIDENTS

Objective: to characterize the clinical and epidemiological profile of motorcycle accident victims in a General Emergency and Emergency Hospital. Methodology: descriptive, quantitative study of longitudinal and prospective design of the documentary type, carried out in orthopedic and neurological clinics between March and April of 2016 in a public hospital of Piauí. Results: 90.1% were male, 54.5% were single, mean age 34 years, 26.7% had incomplete elementary education, 32.7% were farmers, 51.5% came from the interior of the state. 33.7% did not wear a helmet, 15.8% were drunk, 30.7% had a closed fracture, and 80.2% underwent surgery. The mean length of hospital stay was 6.64 days. Conclusion: important variables for the characterization of the profile of these patients are not registered; More accurate attention is needed in order to raise awareness of the problem in question.

Descriptos: Trauma, Motorcycle Accident, Nursing.

CARACTERIZACIÓN CLÍNICA Y EPIDEMIOLÓGICA DE PACIENTES VÍTIMAS DE ACCIDENTES MOTOCICLISTICOS

Objetivo: caracterizar el perfil clínico y epidemiológico de los pacientes víctimas de accidentes motociclísticos en un Hospital general de Urgencia y Emergencia. Metodología: estudio descriptivo, cuantitativo de delineamiento longitudinal y prospectivo del tipo documental, realizado en las clínicas ortopédica y neurológica entre marzo a abril de 2016 en un hospital público de Piauí. Resultados: 90,1% eran del sexo masculino, 54,5% eran solteros, media de edad 34 años, 26,7% tenían enseñanza fundamental incompleta, 32,7% eran labradores, 51,5% procedentes del interior del estado. El 33,7% no usaba casco, el 15,8% estaba alcoholizado, el 30,7% tuvo fractura cerrada, el 80,2% realizaron cirugía. El tiempo promedio de internación fue de 6,64 días. Conclusión: variables importantes para la caracterización del perfil de estos pacientes no se registran; Se hace una atención más precisa con miras a contribuir a la concientización sobre la problemática en cuestión.

Descriptores: Trauma, Accidente motociclístico, Enfermería.


Texto completo:

PDF

Referências


Soares LS, Sousa DACM, Machado ALG, Silva GRF. Caracterização das vítimas de traumas por acidente com motocicleta internadas em um hospital público. Rev enferm UERJ [Internet]. 2015; 23(1): 115-21 [acesso 02 jun 2016] Disponível: http:// www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/ view/15599/12365.

Cavalcante AKCB, Holanda VM, Rocha CFM, Cavalcante SW, Sousa JPR, Sousa FHR. Perfil dos acidentes de trânsito atendidos por serviço pré-hospitalar móvel. Rev baiana enferm [Internet]. 2015; 29(2): 135-45 [acesso 19 set 2015]. Disponível: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/ view/12656.

Brasil. Ministério da Saúde. DATASUS. Informações de Saúde. Mortalidade. 2013 [acesso 20 nov 2015]. Disponível: http:// www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0205&VObj= http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sim/cnv/ ext10.

Rezende Neta DS, Alves AKS, Leão GM, Araújo AA. Perfil das ocorrências de politrauma em condutores motociclisticos atendidos pelo SAMU de Teresina-PI. Rev bras enferm [Internet].2012; 65(6): 936-41 [acesso 07 jun 2016]. Disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid= S0034-71672012000600008.

Barbosa MK, Abrantes KSM, Silva WR Jr, Casimiro GS, Cavalcanti AL. Acidentes motociclisticos: caracterização das vítimas socorridas pelo serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU). Rev Bras Ciên Saúde [Internet]. 2014; 18 (1): 3-10 [acesso 20 mar 2016]. Disponível: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index. php/rbcs/article/view/12915/11711.

Mascarenhas CHM, Azevedo LM, Novaes VS. Lesões musculoesqueléticos em motociclistas vítimas de acidentes de trânsito. Rev eletrônica da Fainor [Internet]. 2010; 3(1): 78-94 [acesso 04 nov 2015]. Disponível: http://srv02.fainor.com.br/revista/ index.php/memorias/article/viewFile/79/70.

Nascimento NWS, Alves SM. Perfil dos motociclistas vítimas de acidente de trânsito atendidos no serviço de urgência municipal de Alto Longá. Rev saúde e desenvolvimento [Internet]. 2013; 4(2):6-17 [acesso 05 jun 2016]. Disponível: http://www. grupouninter.com.br/revistasaude/index.php/saudeDesenvolvimento/ article/view/191/174.

Shoeller SD, Bonetti A, Silva GA, Rocha A, Gelbcke L, Khan P. Características das vítimas de acidentes motociclisticos atendidas em um centro de reabilitação de referência estadual do sul do Brasil. Acta fisiátrica [Internet]. 2011; 18(3): 141-5 [acesso 22 mai 2016]. Disponível: http://www.actafisiatrica.org.br/detalhe_ artigo.asp?id=63.

Vieira RCA, Hora EC, Oliveira DV, Vaez AC. Levantamento epidemiológico dos acidentes motociclísticos atendidos em um centro de referência ao trauma de Sergipe. Rev esc enferm USP [Internet]. 2011; 45(6): 1359-63 [acesso 23 mai 2016]. Disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext& pid=S0080-62342011000600012.

Pereira TK, Paixão CAP, Nogueira TP, Vitorino LM. Características epidemiológicas dos acidentes com motociclistas de cidades sul mineiras. Rev enferm Brasil [Internet]. 2015; 14(4): 211-16 [acesso 07 jun 2016]. Disponível: http://www.portalatlanticaeditora. com.br/index.php/enfermagembrasil/article/view- File/43/49.

Freitas IA, Nóra EA. Serviço de atendimento móvel de urgência: perfil epidemiológico dos acidentes de trânsito com vítimas motociclistas. Rev enferm integrada [Internet]. 2012; 5(2): 1008-17 [acesso 27 abr 2016]. Disponível: http://www.unilestemg. br/enfermagemintegrada/artigo/v5_2/07-servicos- -atendimento-movel-urgencia-perfil-epidemiologico-acidentedes- transito-com-vitimas-motociclistas.pdf.

Jácomo AAE, Garcia ACF. Análise dos acidentes motociclisticos no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (CRER). Acta fisiátrica [Internet]. 2011; 18(3): 124-9 [acesso 17 mai 2016]. Disponível: http://www.actafisiatrica.org. br/detalhe_artigo.asp?id=60.

Reiniger LO, Sousa RMC, Nogueira LS, Costa ALS. Vítimas de ocorrência de trânsito submetidas a procedimentos cirúrgicos: características e intercorrências transoperatórias. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2012; 46:56-64 [acesso 04 jun 2016]. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v46nspe/09.pdf.

Miki N, Martimbianco ALC, Hira LT, Lahoz GL, Fernandes HJA, Reis FB. Perfil das vítimas de trauma por acidente motociclístico tratados no hospital São Paulo. Acta ortop bras [Internet]. 2014; 22(4): 219-22 [acesso 10 mai 2016]. Disponível: http://www. actaortopedica.com.br/artigos/volume22_n4_10.pdf.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2018.v9.n2.1131

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.