PERCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS QUANTO À ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PROCESSO TRANSFUSIONAL

Fernanda Forster, Arilene Lohn Câmara, Cladis Loren Kiefer Moraes, Maria Terezinha Honório, Daiana de Mattia, Daniele Delacanal Lazzari

Resumo


Objetivo: conhecer a percepção dos enfermeiros quanto à assistência de enfermagem no processo transfusional. Metodologia: pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, desenvolvida em um hospital geral de grande porte, com a participação de onze enfermeiros. Para interpretação dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo. Resultados: emergiram três categorias: o papel do enfermeiro no processo transfusional; assistência de enfermagem na transfusão sanguínea e suas reações; facilidades e dificuldades do enfermeiro no processo transfusional. Conclusão: observou-se que os enfermeiros percebem a importância de sua atuação no processo transfusional, relatam procedimentos indispensáveis à execução do mesmo, a fim de desempenhar com segurança todas as suas atribuições.

Descritores: Enfermagem; Transfusão Sanguínea; Assistência de Enfermagem.

Perception of nurses regarding nursing care in the transfusion process

Objective: to know the perception of nurses regarding nursing care in the transfusion process. Methodology: qualitative, exploratory and descriptive research, developed in a large general hospital, with the participation of eleven nurses. For the interpretation of the data, the content analysis was used. Results: three categories emerged: the role of nurses in the transfusion pro-cess; nursing care in blood transfusion and their reactions; facilities and difficulties in the transfusion process. Conclusion: it was observed that nurses perceive the importance of their performance in the transfusion process, report procedures indispensable to the execution of the same, in order to safely perform all their duties.

Descriptors: Nursing; Blood Transfusion; Nursing Care.

Percepción de los enfermeros en cuanto a la asistencia de enfermería en el proceso transfusional

Objetivo: conocer la percepción de los enfermeros en cuanto a la asistencia de enfermería en el proceso transfusional. Metodología: investigación cualitativa, exploratoria y descriptiva, desarrollada en un hospital general de gran porte, con la participación de once enfermeros. Para la interpretación de los datos, se utilizó el análisis de contenido. Resultados: surgieron tres categorías: el papel del enfermero en el proceso transfusional; asistencia de enfermería en la transfusión sanguínea y sus reacciones; las facilidades y dificultades del enfermero en el proceso transfusional. Conclusión: se observó que los enfermeros perciben la importancia de su actuación en el proceso transfusional, relatan procedimientos indispensables para la ejecución del mismo, a fin de desempeñar con seguridad todas sus atribuciones.

Descriptores: Enfermería; Transfusión Sanguínea; Asistencia de Enfermería.


Texto completo:

PDF

Referências


Organização Mundial Da Saúde. Processo de transfusão médica e segurança de pacientes [Internet]. 2010 [cited 2017 Mar 15]. Available from: http://www.who.int/bloodsafety/clinical_use/en/

Resolução do Conselho Federal de Enfermagem nº 200/1997. Dispõe sobre a atuação dos profissionais de enfermagem em hemoterapia e transplante de medula óssea. Diário Oficial da União. 15 abr 1997.

Tavares JL, Barichello E, De Mattia AL, Barbosa MH. Fatores associados ao conhecimento da equipe de enfermagem de um hospital de ensino sobre hemotransfusão. Rev Latino-Am Enfermagem. [Internet]. 2015 [cited 2017 Dez 01]; 23(4):595-602.Available from: http:// www.scielo.br/pdf/rlae/v23n4/pt_0104-1169-rlae-23-04-00595.pdf

Portaria nº 158 do Ministério da Saúde, de 14 de fevereiro de 2016 (BR). Redefine o regulamento técnico de procedimentos hemoterápicos. Diário Oficial da União. 5 fev 2016.

Delaney M, Wendel S, Bercovitz RS, Cid J, Cohn C, et al. Transfusion reactions: prevention, diagnosis, and treatment. The Lancet. [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 01]; 388(10061):2825-2836. Available from: http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140- 6736(15)01313-6/fulltext

Serious Hazards of Transfusion. Annual SHOT Repor 2015 [Internet]. 2015 [cited 2017 Dez 04]. Available from:http://www.shotuk.org/ wpcontent/uploads/SHOT-2015-Annual-Report-Web-Edition-Finalbookmarked- 1.pdf.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Boletim de Hemovigilância nº 7. Brasília (Brasil), 2015. 14 p.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Marco Conceitual e Operacional de Hemovigilância: Guia para a Hemovigilância no Brasil. Brasília (Brasil), 2015. 27p.

Carneiro VS, Barp M, Coelho MA. Hemoterapia e reações transfusionais imediatas: atuação e conhecimento de uma equipe de enfermagem. Rev Min [Internet]. 2017 [cited 2017 Dez 03];21(1031): 01-08. Available from: http://www.reme.org.br/exportar-pdf/1167/e1031.pdf

Bardin, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2009

Resolução do Conselho Federal de Enfermagem nº 0511/2016. Aprova a norma técnica que dispõe sobre a atuação de enfermeiros e técnicos de enfermagem em Hemoterapia. Diário Oficial da União. 4 abr 2016.

Ministério da Saúde. Guia para uso de hemocomponentes. Brasília (Brasil): Ministério da Saúde, 2016. 138 p.

Backes DS, Büscher A. Qualidade do cuidado na perspectiva da rede alemã de enfermagem. Enferm. Foco [Internet]. 2015 [cited 2017 Dez 03];6(1/4): 77-81. Available from:http://revista.portalcofen.gov.br/ index.php/enfermagem/article/view/582/263

Freixo, A et al. Nurses knowledge in Transfusion Medicine in a Portuguese university hospital: the impact of an education. Blood Transfus . 2017 [cited 2017 Dez 02];15(1):49-52. Available from: https://www. ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5269427/

Mattia D, Andrade SR. Cuidados de enfermagem na transfusão de sangue: um instrumento para monitorização do paciente. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 02];25(2). Available from: http://www. scielo.br/pdf/tce/v25n2/pt_0104-0707-tce-25-02-2600015.pdf




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2018.v9.n3.1509

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.