A legislação e a sistematização da assistência de enfermagem

Alba Lucia Bottura Leite de Barros, Juliana de Lima Lopes

Resumo


O processo de enfermagem é o método utilizado para sistematizar a assistência de enfermagem no Brasil. Dessa forma, é imprescindível que os profissionais de enfermagem conheçam e apliquem as normas regulamentadoras do exercício. A Resolução Cofen 358/2009 estabelece que o processo de enfermagem deve ser realizado de modo deliberado e sistemático em todos os ambientes públicos ou privados em que ocorre o cuidado profissional de enfermagem. Ainda destaca as cinco etapas: coleta de dados (ou histórico), diagnóstico, planejamento, implementação e avaliação.

Descritores: Enfermagem, Ética de Enfermagem, Legislação de Enfermagem.

The legislation and the systematization of nursing care

The nursing process is the method used to systematize the nursing care in Brazil. This way, it is necessary that the nursing professionals know and apply the rules of the actions. The resolution Cofen 358/2009 establishes that the nursing process must be carried out deliberately and systematic in all public or private environments where there is a nursing professional care. Yet, it emphasizes the five stages: nursing data collection (or history), nursing diagnosis, nursing planning, implementation and nursing evaluation.

Descriptors: Nursing, Nursing Ethic, Nursing Legislation.

La legislación y la sistematización de la asisténcia de enfermería

El proceso de enfermería es el método utilizado para sistematizar la asisténcia de enfermería en Brasil. Desta forma, es imprescindible que los profesionales de enfermería conoscan y apliquem las normas reglamentadoras del ejercício. La Resolución Cofen 358/2009 estableces que el Proceso de enfermería deba ser realizado de modo deliberado y sistemático en todos los ambientes públicos ou privados en que ocurre el cuidado profesional de enfermería. Aunque destaca las cinco etapas: colecta de datos, diagnóstico, planeamiento, implementación y evaluación de enfermería.

Descriptores: Enfermería, Ética de Enfermería, Legislación de Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências


Cunha SMB, Barros ALBL. Análise da implementação da sistematização da assistência de enfermagem, segundo o Modelo Conceitual de Horta. Rev Bras Enferm. 2005;58(5):568-72.

Lira N, Bomfim MES. História da enfermagem e legislação. Rio de Janeiro: Cultura Médica; 1989.

Lunardi Filho WD. O mito da subalternidade do trabalho da enfermagem à medicina. 2a ed. Pelotas: Universitária; 2004.

Horta WA. Processo de Enfermagem. São Paulo (SP): EPU; 1979.

Paim L, Trentini M. Indo além do modelo teórico – uma experiência de ligação teórico-prática na assistência de enfermagem. Texto & Contexto Enferm. 1993;2(1):13-32.

Freitas GF, Oguisso T. Ocorrências éticas com profissionais de enfermagem: um estudo quantitativo. Rev Esc Enferm USP. 2008;42(1):34-40.

Conselho Federal de Enfermagem. Resolução Cofen nº 240/2000. Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem [Internet]. [citado em 2010 Jul 14]. Disponível em: http://www.portalcofen.gov.br/Site/2007/print.asp?articleID=7069.

Conselho Federal de Enfermagem. Lei Cofen nº 7.498/86. Regulamentação do exercício de enfermagem [Internet]. [citado em 2010 Jul 14]. Disponível em: http://www.portalcofen.gov.br/Site/2007/materias.asp?ArticleID=22&sectionID=35.

Souza MF. Teorias de enfermagem importância para a profissão. Acta Paul Enferm. 1988;1(3):63-5.

Conselho Federal de Enfermagem. Resolução Cofen nº 272/2002. Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE – nas Instituições de Saúde Brasileiras [Internet]. [citado em 2010 Jul 14]. Disponível em: http://www.portalcofen.gov.br/Site/2007/materias.asp?ArticleID=7100&sectionID=34.

Conselho Federal de Enfermagem. Resolução Cofen nº 358/2009. Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem [Internet]. [citado em 2010 Jul 14]. Disponível em: http://www.portalcofen.gov.br/Site/2007/materias.asp?ArticleID=10113&sectionID=34.

Barros ALBL. Classificações de diagnóstico e intervenção de enfermagem: Nanda-NIC. Acta Paul Enferm. 2009;22(Esp. 70 anos):864-7.

Andrade JS, Vieira MJ. Prática assistencial de enfermagem: problemas, perspectivas e necessidade de sistematização. Rev Bras Enf. 2005;58(3):261-5.

Barros ALBL. O trabalho docente assistencial de enfermagem no hospital São Paulo da Unifesp/EPM [tese]. São Paulo: Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina; 1998.

Takahashi AA, Barros ALBL, Michel JLM, Souza MF. Dificuldades e facilidades apontadas por enfermeiras de um hospital de ensino na execução do processo de enfermagem. Acta Paul Enferm. 2008;21(1):32-8.

Figueiredo RM, Zem-Mascarenhas SH, Napoleão AA, Camargo AB. Caracterização da produção do conhecimento sobre sistematização da assistência de enfermagem no Brasil. Rev Esc Enferm USP. 2006;40(2):299-303.

Koerich MS, Backes DS, Nascimento KC, Erdmann AL. Sistematização da assistência: aproximando o saber acadêmico, o saber-fazer e o legislar em saúde. Acta Paul Enferm. 2007;20(4):446-51.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2010.v1.n2.17

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.