PERCEPÇÕES DAS EQUIPES DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO BÁSICA FRENTE À SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

Vanessa Cristina Alves Somariva, Ioná Bez Birolo, Cristiane Damiani Tomasi, Jacks Soratto

Resumo


Objetivo avaliar a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) na Atenção Básica de um município do extremo sul catarinense, frente às percepções das equipes de enfermagem. Método: Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa, realizado com profissionais de enfermagem. Utilizado questionário com 66 questões objetivas, primeira parte caracterização, segunda e terceira estavam agrupadas em 7 domínios. Resultados: amostra com 76 participantes. Encontrou-se nos domínios, respostas positivas e negativas. Ressaltam-se como positivas as médias entre 4 (p=0,05) e 5 (p=0,04) pontos, e negativas as médias 1(p=0,04),2 (p=0,11) e 3 (p=0,05). Média positiva para os domínios 4 e 5 (4,09 e 4,11), os domínios 1,2,7 médias intermediária (3,18; 3,44 e 3,62), média negativa domínio 6 (2,86). Deste modo os participantes demonstraram ter conhecimento, capacidade de identificação dos benefícios e elementos dificultadores ou facilitadores da SAE, contudo estes ainda apresentam dificuldades para aplicar a SAE em seu local de trabalho.


Texto completo:

PDF

Referências


Cofen. Resolução do Conselho Federal de Enfermagem 358/2009, que dispõe sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem. 2009 [Citado 2018 Nov. 10] Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4384.

Amestoy SC, Backes VMS, Trindade LL, Canever BP. Produção científica sobre liderança no contexto da enfermagem. Rev. esc. enferm. USP. São Paulo, v.46, n.1, p.227-233, fev. 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2018. Doi: .

Erdmann AL, Pagliuca LMF. O conhecimento em enfermagem: da representação de área ao Comitê Assessor de Enfermagem no CNPq. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2013 Set[citado 2016 Nov 11] ; 66( spe ): 51-59. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672013000700007&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672013000700007.

Ribeiro, G C. Diagnóstico situacional da Sistematização da Assistência de Enfermagem em uma unidade básica de saúde em Campinas – SP. 2015

AB, Santos TCF, Padilha MICS, Oliveira ARP, Peres MAA, Cesario MB. "No front dos sexos": a marcha de enfermeiras brasileiras para a conquista do serviço militar. Rev. Eletr. Enf. [periódico na Internet]. 2013 Set [citado 2018 Nov 29] ; 15( 3 ): 638-647. Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1518-19442013000300005&lng=pt.

Costa R, Padilha MI, Amante LN, Costa E, Bock LF. O legado de Florence Nightingale: uma viagem no tempo. Texto contexto - enferm. [Internet]. 2009 Dec [citado 2018 Nov 10] ; 18( 4 ): 661-669. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072009000400007&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072009000400007.

Bacha AM, Grassiotto OR, Cacique DB, Carvasan GAF, Machado HC Satisfação no trabalho no contexto hospitalar: uma análise segundo o gênero. Esc. Anna Nery. 2015; 19(4): 549-556.

Machado MH, Filho WA, Lacerda WF, Oliveira E, Lemos W,Wermelinger M, Vieira M et.al,aracterísticas Gerais da Enfermagem: O perfil sócio demográfico. Enfermagem: em Foco. Brasília, v. 7, n (ESP), p.9-14, fev. 2016.

Scochi CGS, Munari DB, Gelbcke FL, Erdmann AL, Gutiérrez MGR, Rodrigues RAP. Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem no Brasil: avanços e perspectivas. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2013 Set [citado 2016 Nov 11] ; 66( spe ): 80-89. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672013000700011&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672013000700011.

Uchôa MG, Lemes MMDD. A visão dos enfermeiros que trabalham em unidade hospitalar pública sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem [Internet]. Goiânia: Núcleo de Estudos e Pesquisas em Saúde e Sociedade (NEPSS); 2008 [citado 2018 Dez 01]. Disponível em: http://www.ucg.br/ucg/institutos/nepss/monografia/monografia_01.pdf

Silva EGC, Oliveira VC, Neves GBC, Guimarães TMR. O conhecimento do enfermeiro sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem: da teoria à prática. Rev. esc. enferm. USP [periódico na Internet]. 2011 [citado 2018 Dez 01]; 45(6): 1380-1386. Disponível em: http://www.scielo.br/ pdf/reeusp/v45n6/v45n6a15.pdf

Botelho J, Veloso GBL, Favero L. Sistematização da assistência de enfermagem: o conhecimento da equipe de enfermagem de um centro cirúrgico. Rev Enfermagem em Foco. 2013; 4(3,4):198-201.

Brasil. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução COFEN n° 429/2012, de 30 de maio de 2012. Dispõe sobre o registro das ações profissionais no prontuário do paciente, e em outros documentos próprios da enfermagem, independente do meio de suporte – tradicional ou eletrônico. In: Conselho Federal de Enfermagem [legislação na internet]. Brasília; 2012. [citado 2018 Dez 02]. Disponível em:< http://www.cofen.gov.br>.

Brasil. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução COFEN nº 514/2016. Que aprova o Guia de Recomendações para os registros de enfermagem no prontuário do paciente, com a finalidade de nortear os profissionais de Enfermagem. [Documento internet] 2016. Disponível em: < http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-05142016_41295.html>. Acesso em: 01 dez. 2018

Santos DM, Sousa FG, Paiva MV, Santos AT. Construção e implantação do Histórico de Enfermagem em Terapia Intensiva Pediátrica. Acta Paul Enferm [Internet]. 2016 [Citado 2018]; 29 (2):136-45. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/ape/v29n2/1982-0194ape-29-02-0136.pdf>

Medeiros AL, Santos SR, Cabral RWL. Desvelando dificuldades operacionais na sistematização da assistência de enfermagem através da Grounded Theory. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2013 [Citado 2018];15(1):44-53. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ ree.v15i1.15323.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n4.2221

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.