AUTOFIX: UMA TECNOLOGIA PARA FIXAÇÃO SEGURA DE TUBO OROTRAQUEAL

Lidiane Marha de Souza Oliveira, Ana Carine Goersch Silva, Aglauvanir Soares Barbosa, Anna Paula Sousa da Silva, Islene Victor Barbosa, Rita Mônica Borges Studart

Resumo


Objetivo: construir e validar de uma tecnologia diferenciada para fixação de tubo orotraqual em pacientes críticos. Metodologia: trata-se de um estudo de desenvolvimento metodológico, para construção e validação de um protótipo para fixação segura denominado “autofix”.  Participaram da pesquisa 15 juízes especialistas profissionais da saúde, equipe multiprofissional, médicos intensivistas, enfermeiros especialistas e fisioterapeutas intensivistas. A validação de conteúdo evidenciou todos os itens como excelentes IVC (≥ 0,78), teve excelente IVC global de 0,97, evidenciando que o instrumento poderá favorecer o paciente e equipe para uma assistência humanizada e qualificada. A tecnologia construída e validada foi desenvolvida para atuar como estratégia de segurança e humanização do paciente crítico em uso da ventilação mecânica.


Texto completo:

PDF

Referências


Loss SH, Oliveira RP, Maccari JG, Savi A, Boniatti MM, Hetzel MP, et al. A realidade dos pacientes que necessitam de ventilação mecânica prolongada: um estudo multicêntrico. Rev. bras. ter. intensiva [internet]. 2015 [cited 2109 jun 16];27(1):26-35. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbti/v27n1/0103-507X-rbti-27-01-0026.pdf

Melo EM, Teixeira CS, Oliveira RT, Almeida DT, Veras JEGLF, Frota NM, Studart RMB. Cuidados de enfermagem ao utente sob ventilação mecânica internado em unidade de terapia intensiva. Ver. Enf. Ref. [internet] 2014. [cited 2019 jun 16];4(1):55-63. Available from: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S087402832014000100007&lng=pt&nrm=i&tlng=pt

Pinto DM de, Schons E dos S, Busanello J, Costa VZ da. Patient safety and the prevention of skin and mucosal lesions associated with airway invasive devices. Rev Esc Enferm USP [internet]. 2015 [cited 2019 jun 16];49(5):775-782. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n5/pt_0080-6234-reeusp-49-05-0775.pdf

Françolin L, Gabriel CS, Bernardes A, Silva AEBC, Brito MFP, Machado JP. Gerenciamento da segurança do paciente sob a ótica dos enfermeiros. Rev Esc Enferm USP [internet]. 2015 [cited 2019 jun 16];49(2):277-83. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n2/pt_0080-6234-reeusp-49-02-0277.pdf

Polit DF, Beck CT. Fundamentos de pesquisa em enfermagem: avaliação de evidências para a prática da enfermagem. 7. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011. 670p.

Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466 de 12 de dezembro de 2012. Brasília (DF): Ministério da Saúde. 2013. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466 _12_12_2012.html.

Cruz EJER, Souza NVDO, Correa RA, Pires AS. Dialética de sentimentos do enfermeiro intensivista sobre o trabalho na terapia intensiva. Escola Anna Nery [internet]. 2014 [cited 2019 jun 18];18(3):479-85. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000300479.

Hinkle JL, Cheever KH. Brunner & Suddarth tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 13.ed. Rio de Janeiro-RJ: Guanabara Koogan, 2016.

Lima CSP, Barbosa SFF. Ocorrência de eventos adversos como indicadores de qualidade assistencial em unidade de terapia intensiva. Rev Enferm UERJ [internet]. 2015 [cited 2019 jun 18];23(2):221-8. Available from: http://www.facenf.uerj.br/v23n2/v23n2a13.pdf

Da Silva JA, Pinto FCM. Avaliando o Impacto da Estratégia de Segurança do Paciente Implantada em uma Unidade de Clínica Médica de um Hospital Universitário sob a Perspectiva da Dimensão da Atenção à Saúde. Rev. Adm. Saúde [internet]. 2017 [cited 2019 jun 18];17(66). Available from: http://cqh.org.br/ojs-2.4.8/index.php/ras/article/view/10/20

World Health Organization. Segurança do Paciente em Serviços de Saúde Limpeza e Desinfecção de superfícies [internet]. 2011 [cited 2019 jun 18]; Available from: http://iris.paho.org/xmlui/handle/123456789/3582

Beccaria LM, Tavares TG, Penascho MCB, Faria JIL, Jabur MRL, Oliveira KAD. Extubação acidental e dano causado ao paciente em um hospital de ensino. CuidArte Enferm [internet]. 2018 [cited 2019 jun 18];12(1):11-17. Availabel from: http://www.webfipa.net/facfipa/ner/sumarios/cuidarte/2018v1/11.pdf

Silva RC, Ferreira MA. Tecnologia na terapia intensiva e suas influências nas ações do enfermeiro. Rev Esc Enferm USP [internet]. 2011 [cited 2019 jun 18];45(6):1403-11. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342011000600018

Dornelles C, Oliveira GB, Schwonke CRGB, Silva JRS. Experiências de doentes críticos com a ventilação mecânica invasiva. Esc Anna Nery [internet]. 2012 [cited 2019 jun 18];16(4):796-801. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452012000400022




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n4.2413

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.