Aspectos éticos nas redes sociais de apoio no cuidado domiciliar à luz do pensamento complexo

Ingrid Meireles Gomes, Luciane Faver, Ana Paula Hermann, Maria Ribeiro Lacerda

Resumo


Ensaio reflexivo sobre aspectos éticos que permeiam as redes sociais de apoio no cuidado domiciliar, sob o referencial da complexidade de Edgar Morin. Aspectos éticos discutidos: possibilidade de ampliação da cidadania dos sujeitos; transmissão de informações relevantes ao processo saúde-doença; e inter-relações – sujeito, família, profissional e sistema. Constatou-se que sujeito, família e profissionais podem ser considerados unidades complexas que, ao se articularem e organizarem, formam um sistema a ser compreendido na relação que mantêm com o ambiente e o tempo.

Descritores: Cuidados Domiciliares de Saúde, Apoio Social, Ética.

Ethical Aspects in social networks support in home care at the light of complex thought

Reflective essay about ethical aspects that permeate support social networks in home care, beneath the reference of Edgar Morin’s complexity. Ethical aspects discussed: possibility of expansion of citizenship of people; relevant information transmission to the health-disease process; and person, family, professional and system interrelationships. It was noted that subject, family and professionals should be considered complex units and that when they join and organized themselves, they form a system that will be understood in the relation that keep with environment and time.

Descriptors: Home Nursing, Social Support, Ethics.

Cuestiones éticas en las redes de apoyo social en la perspectiva de la atención domiciliaria del pensamiento complejo

Ensayo reflexivo sobre aspectos éticos que permean redes sociales de apoyo en el cuidado domiciliario, bajo el referencial teórico de la complejidad de Edgar Morin. Aspectos éticos abordados: posibilidad de ampliación de la ciudadanía de los sujetos; transmisión de informaciones relevantes al proceso salud-enfermedad; y las interrelaciones – sujeto, familia, profesional y sistema. Se encontró que sujeto, familia y profesionales pueden ser considerados unidades complejas que, cuando se articulan y organizan, forman un sistema que debe ser entendido en la relación con ambiente y tiempo.

Descriptores: Atención Domiciliaria de Salud, Apoyo Social, Etica.

Texto completo:

PDF

Referências


Mendonça CS. Saúde da família, agora mais do que nunca! Cien Saúde Colet. 2009;14(Supl. 1):1493-7.

Gomes IM, Kalinowski LC, Lacerda MR, Ferreira RM. The domiciliary health care and its state of art: a bibliographic study [Internet]. [citado em 2011 Jun 03]. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.1676-4285.2008.1781/411

Catafesta F, Lacerda MR. Skills of nurses needed for the development of home care: reflection [Internet]. [citado em 2011 Jun 03]. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.1676-4285.2008.1302/3454. Gomes IM, Lacerda MR. Correlations between social support and the home nursing - Integrative review [Internet]. [citado em 2011 Jun 03]. Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.1676-4285.2010.2876/658

Morin E, Ciurana ER, Motta RD. Educar na era planetária: o pensamento complexo como método de aprendizagem pelo erro e incerteza humana. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO; 2003.

Koerich MS, Erdmann A, Nitschke RS. Ética em saúde: complexidade, sensibilidade e envolvimento. Rev Bioethikos. 2009;3(2):252-5.

Morin E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 10ª ed. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO; 2005.

Morin E. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 17ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil; 2010.

Morin E. Introdução ao pensamento complexo. 3ª ed. Porto Alegre: Sulina; 2007.

Andrade GRB, Vaitsman J. Apoio social e redes: conectando solidariedade e saúde. Ciên Saúde Coletiva. 2002;7(4):925-34.

Santos LR, Leon CGRMP, Funghetto SS. Princípios éticos como norteadores no cuidado domiciliar. Ciên Saúde Coletiva. 2011;16(Supl. 1): 855-63.

Machado MFAS, Monteiro EMLM, Queiroz DT, Vieira NFC, Barroso MGT. Integralidade, formação de saúde, educação em saúde e as propostas do SUS: uma revisão conceitual. Ciên Saúde Coletiva. 2007;12(2):335-42.

Kerber NPC, Kirchhof ALC, Ceza-Vaz MR. Atenção domiciliária e direito à saúde: uma experiência na rede pública brasileira. Acta Paul Enferm. 2010;23(2):244-50.

Zoboli ELCP. Bioética e atenção básica: um estudo de ética descritiva com enfermeiros e médicos do Programa Saúde da Família [tese]. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo; 2003.

Pérez-Cárceles MD, Pereñiguez JE, Osuna E, Luna A. Balancing confidentiality and the information provided to families of patients in primary care. J Med Ethics. 2005;31(9):531–5.

Lacerda MR, Oliniski SR. Familiares interagindo com a enfermeira no contexto domiciliar. Rev Gaúch Enferm. 2005;26(1):76-87.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2012.v3.n3.292

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.