Classificação de pacientes pediátricos para o cuidado de enfermagem: validação de instrumento reestruturado

Amparito del Rocío Vintimilla Castro, Ana Paula Almeida

Resumo


Objetivo: Validar um conteúdo reestruturado de instrumento de classificação de pacientes internados pediátricos para classificá-los segundo a complexidade. Métodos: Estudo metodológico, convergente assistencial, realizado em um hospital escola. Foram utilizadas a técnica Delphi e a escala Likert, e o consenso foi ≥0,70. Dez juízes analisaram 15 indicadores de cuidado. Dois juízes avaliaram a confiabilidade em cem pacientes. Resultados: No terceiro ciclo Delphi, dez juízes validaram o conteúdo do instrumento reestruturado com 16 indicadores, com consenso geral de 95,8%. A confiabilidade de dois juízes apresentou intervalo de confiança geral de 0,96, Kappa de Cohen geral de 0,88 e Gwet’s agreement coefficient 1 equivalente a 0,96. A classificação como alta dependência se deu em 39,5%, semi-intensivo em 29,9%, intensivo em 16%, intermediário em 14,4% e cuidado mínimo em 0,2%. Conclusão: O instrumento reestruturado para classificar pacientes pediátricos internados de alta complexidade foi validado após a terceira fase Delphi.

Descritores: Classificação; Estudo de Validação; Enfermagem Pediátrica

 

Classification of pediatric patients for nursing care: restructured instrument validation

Objective: To validate the restructured content of a hospitalized pediatric patient classification instrument to classify them according to their complexity. Methods: Methodological study, convergent care in a teaching hospital. Delphi technique was used, as well as a Likert scale, with consensus of ≥0.70. Ten judges analyzed 15 indicators of care. Two judges evaluated reliability in on hundred patients. Results: In the third Delphi cycle, ten judges validated the content of the restructured instrument with 16 indicators, with overall consensus of 95.8%. The interobserver reliability of two judges showed a general confidence interval of 0.96, general Cohen Kappa of 0.88 and Gwet’s agreement coefficient 1 equivalent to 0.96. Classification as highly dependent occurred in 39.5%, as semi-intensive in 29.9%, intensive in 16%, intermediate in 14.4% and minimum care in 0.2%. Conclusion: The restructured instrument to classify hospitalized pediatrics patients of high complexity was validated after the third Delphi phase.

Keywords: Classification; Validation Study; Pediatric Nursing

 

Clasificación de pacientes pediátricos para el cuidado de enfermería: validación de instrumento reestructurado

Objetivo: Validar el contenido reestructurado de instrumento de classificación de pacientes pediátricos hospitalizados para clasificarlos según la complejidad. Métodos: Estudio metodológico, convergente asistencial en hospital escuela. Fueron utilizadas la técnica Delphi y la escala de Likert y el consenso fue ≥0,70. Diez juezes analisaron 15 indicadores de cuidado, dois evaluaron la confiabilidad en cien pacientes. Resultados: Dez juezes validaron el contenido del instrumento con 16 indicadores, con un consenso general del 95,8%. La confiabilidad interobservadores de dos juezes presentó intervalo de confiança general de 0,96; Kappa del Cohen general de 0,88 y Gwet’s agreement coefficient 1 equivalente a 0,96. La clasificación como alta dependencia fue 39,5%, como semi-intensivo en 29,9%, intensivo en 16%, intermediario en 14,4% y cuidado mínimo en 0,2%. Conclusión: El instrumento reestructurado para clasificar pacientes pediátricos hospitalizados de alta complejidad fue validado después de la tercera fase Delphi.

Descriptores: Clasificación; Estudio de Validación; Enfermería Pediátrica


Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. Ministério da Saúde. HumanizaSUS: política nacional de humanização. A humanização como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS [Internet]. Brasília: Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização; 2004. [citado 20 ago. 2019]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/humanizasus_2004.pdf

Brasil. Lei n. 8.069, de 13 de julho de 1990. Estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente [Internet]. Brasília; 1990 [citado 20 ago. 2019]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8069.htm

Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Direitos da Criança e do Adolescente Hospitalizados. Os dez passos para a atenção hospitalar humanizada a criança e ao adolescente. Rio de Janeiro; 2003.

Perroca M, Vigna CP. Utilização de sistema de classificação de pacientes e métodos de dimensionamento de pessoal de enfermagem. Arq Ciênc Saúde [Internet]. 2007 [citado 01 ago. 2019]; 14(1):8-12. Disponível em: http://repositorio-racs.famerp.br/racs_ol/vol-14-1/id215.pdf

Perroca MG. Desenvolvimento e validação de conteúdo da nova versão de um instrumento para classificação de pacientes. Rev Latino-Am Enfermagem [Internet]. 2011[citado 01 ago. 2019]; [9 telas]. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rlae/article/view/4289/5459.

Fugulin FMT, Gaidzinski RR, Kurcgant P. Sistema de classificação de pacientes: identificação do perfil assistencial dos pacientes das unidades de internação do HU-USP. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. 2005 [cited 2019 Nov 01]; 13(1): 72-78. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692005000100012&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692005000100012.

Nightingale F. Notas sobre enfermagem: o que é e o que não é. Carvalho AC, tradutor. Ribeirão Preto: Editora Cortez; 1989.

Dini AP, Guirardello EB. Construção e validação de um instrumento de classificação de pacientes pediátricos. Acta paul. enferm. [Internet]. 2013 [cited 2019 Nov 01] ; 26( 2 ): 144-149. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002013000200007&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002013000200007.

Williams MA. When you don’t develop your own: validation methods for patients classification systems. Nurs Manag. 1988; 19(3):91-96.

Revorêdo LS, Maia RS, Torres GV, Maia EMCh. O uso da técnica delphi em saúde: uma revisão integrativa de estudos brasileiros. Arq. Ciênc. Saúde. 2015;22(2):17-21.

Likert R. A technique for the measurement of attitudes. Arch Psychol [online]. 1932 [cited 2019 jul 11]; 22(140): [about 55 p.]. Available from: URL:http://www.citeulike.org/user/robertlischke/article/2731047.

Brasil. Resolução Nº 466 12 de Dezembro de 2012. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos [Internet]. Brasília; 2012 [citado 2019 ago. 01]. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Cohen J. Weighed Kappa. Nominal scale agreement with provision for scaled disagreement or partial credit. Psychological Bulletin. 1968; 70 (4): 213–220. doi:10.1037/h0026256.

Wongpakaran N, Wongpakaran T, Wdding D, Gwet K. A comparison of Cohen’s Kappa and Gwet’s AC1 when calculating inter-rater reliability coefficients:a study conducted with personality disorder samples. BMC Med Research Methodology [Internet]. 2013;(13:61):2-7. [citado 2019 set 20]. Available from: http://www.biomedcentral.com/1471-2288/13/61.

Souza AC, Alexandre NMC, Guirardello EB. Propriedades psicométricas na avaliação de instrumentos: avaliação da confiabilidade e da validade. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2017 Sep [cited2019 Nov 11]; 26(3):649-659. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222017000300649&lng=en. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742017000300022.

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN-SP). Dimensionamento de Pessoal [Internet]. São Paulo; Plenário 2008-2011 [citado 05 jun. 2019]. Disponível em: https://www.portalcoren-rs.gov.br/docs/Dimensionamento/livreto_de_dimensionamento.pdf.

Macedo ABT, Riboldi AO, Silva KS, Gergena T, Echerb MIC, Souza SBC. Validation of parameters to fill in the Perroca’s patient classification system. Rev. Gaúcha Enferm. [Internet]. 2018 [citado 2019 Nov 11]; 39: e20170241. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472018000100464&lng=pt. Epub 29-Nov-2018. http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2018.20170241.

Resolução Nº 543/2017 COFEN. Atualiza e estabelece parâmetros para o Dimensionamento do Quadro de Profissionais de Enfermagem nos serviços/locais em que são realizadas atividades de enfermagem. [Internet]. Brasília; 2017 [citado 2019 ago 19]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-5432017_51440.html

Vasconcelos RO, Bohrer CD, Hoffman Rigo DFH, Marques LGS, Oliveira JLC, Tonini NS, Nicola AL. Meios para a gerência de enfermagem utilizados em unidades hospitalares críticas. Enferm. Foco. 2016; 7(3/4): 56-60. https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n3/4.944




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n3.3106

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.