Melhores Práticas na perspectiva de Enfermeiros da Rede de Atenção à Saúde

Mônica Ludwig Weber, Carine Vendruscolo, Edlamar Kátia Adamy, Clarissa Bohrer da Silva

Resumo


Objetivo: compreender e estimular o desenvolvimento de melhores práticas entre enfermeiros de uma Rede de Atenção à Saúde. Metodologia: pesquisa-ação, alicerçada no referencial metodológico de Paulo Freire. Realizaram-se três Círculos de Cultura, com 10 enfermeiros atuantes no Oeste de Santa Catarina, entre os meses de junho a agosto de 2018. As informações foram analisadas à luz dos atributos da Atenção Primária à Saúde. Resultados: o ideário das melhores práticas converge com estratégias como a interlocução, integração e apoio entre enfermeiros e demais profissionais da Rede, constituindo a base para uma Atenção Primária resolutiva. Os desafios para a sua realização perpassam a mudança do modelo de atenção, refletindo, sobretudo, na efetivação dos atributos essenciais na Atenção Primária. Conclusões: o estudo provocou a reflexão e, em certa medida, a reconstrução da práxis dos enfermeiros, que se percebem como protagonistas, no âmbito do sistema de saúde.

Descritores: Serviços de Saúde, Enfermagem, Educação Continuada, Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde.

 

BEST PRACTICES FOR NURSES IN THE HEALTH CARE NETWORK

Objective: to understand and encourage the development of best practices among nurses in a Health Care Network. Methodology: action research, based on Paulo Freire's methodological framework. Three Culture Circles were held, with 10 nurses working in the West of Santa Catarina, between the months of June to August 2018. The information was analyzed in the light of the attributes of Primary Health Care. Results: the ideal of best practices converges with strategies such as interlocution, integration and support between nurses and other professionals of the Network, constituting the basis for resolving Primary Care. The challenges for its realization permeate the change in the model of care, reflecting, above all, in the realization of the essential attributes in Primary Care. Conclusions: the study provoked reflection and, to a certain extent, the reconstruction of the praxis of nurses, who perceive themselves as protagonists, within the scope of the health system.

Descriptors: Health Services, Nursing, Continuing Education, Health Knowledge, Attitudes and Practice.

 

MEJORES PRÁCTICAS PARA ENFERMERAS EN LA RED DE ATENCIÓN MÉDICA

Objetivo: comprender y fomentar el desarrollo de mejores prácticas entre enfermeras en una Red de Atención Médica Metodología: investigación de acción, basada en el marco metodológico de Paulo Freire. Se realizaron tres Círculos de Cultura, con 10 enfermeras que trabajan en el oeste de Santa Catarina, entre los meses de junio a agosto de 2018. La información se analizó a la luz de los atributos de La Atención Primaria de Salud. Resultados: el ideal de las mejores prácticas converge com estrategias como la interlocución, integración y apoyo entre enfermeras y otros profesionales de la Red, que constituy en la base para resolver la Atención Primaria. Los desafíos para su realización impregnan el cambio en el modelo de atención, reflejando, sobre todo, en la realización de los atributos esenciales en Atención Primaria. Conclusiones: el estudio provoco la reflexión y, en cierta medida, la reconstrucción de la praxis de las enfermeras, que se perciben a si mismas como protagonistas, dentro del alcance del sistema de salud.

Descriptores: Servicios de Salud, Enfermería, Educación Continua, Conocimientos de Salud, Actitudes y Práctica.


Texto completo:

PDF

Referências


Starfield B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: UNESCO, 2002.

Portela GZ. Atenção Primária à Saúde: um ensaio sobre conceitos aplicados aos estudos nacionais. Physis (Rio J.). 2017 [acesso em 03 set 2019]; 27( 2 ): 255-276. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s0103-73312017000200005.

Medes EV. A construção social da atenção primária à saúde. Brasília: Conselho Nacional dos Secretários de Saúde. 2015; vol 1: 1-193.

Silva MVS, Miranda GBN, Andrade MA. Sentidos atribuídos à integralidade: entre o que é preconizado e vivido na equipe multidisciplinar. Interface (Botucatu, Online).2017[acesso em 04 set 2019]; 21(62): 589-599. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622016.0420.

Ceccim RB. Connections and boundaries of interprofessionality: form and formation. Interface (Botucatu, Online).2018 [acesso em 04set 2019]; 22: 1739-1749. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622018.0477.

University Of Iowa (IOWA). College of Nursing. HCGNE – Best Practices for Healthcare Professionals.[Internet]. 2014 [acesso em 09 set 2019]. Disponível em:http://www.nursing.uiowa.edu/hartford/best-practicesfor-healthcareprofessionals.

Organização Mundial da Saúde (OMS). Guia para a Documentação e Partilha das Melhores Práticas em Programas de Saúde. Brazzaville: OMS; 2008.

Santos JLG, Lima MADS, Pestana AL, Colomé ICS, Erdmann AL. Strategies used by nurses to promote teamwork in an emergency room. Rev Gaúch Enferm. 2016 [acesso em 02 set 2019]; 37(1): e50178. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2016.01.50178.

Heidemann ITSB, Dalmolin IS, Rumor PCF, Cypriano CC, Costa MFBNA, Durand MK. Reflexões sobre o Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire: contribuições para a saúde. Texto & Contexto Enferm. 2017 [acesso em 02 set 2019]; 26( 4 ): e0680017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072017000680017.

Forte ECN, Pires DEP, Scherer MDA, Soratto J. Muda o modelo assistencial, muda o trabalho da enfermeira na Atenção Básica? Tempus (Brasília). 2018. [acesso em 02 set 2019]; 11(2):53-8. Disponível em: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/2338/1777.

Nunes EFPA, Carvalho BG, Nicoletto SCS, Cordoni JL. Trabalho gerencial em Unidades Básicas de Saúde de municípios de pequeno porte no Paraná, Brasil. Interface (Botucatu, Online). 2016 [acesso em 02 set 2019]; 20(58): 573-584. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622015.0065.

Lima JG, Giovanella L, Fausto MC, Bousquat A, Silva EV. Atributos essenciais da Atenção Primária à Saúde: resultados nacionais do PMAQ-AB. Saúde Debate. 2018 [acesso em 03set 2019]; 42: 52-66. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0103-11042018s104.

Turci MA, Lima-Costa MF, Macinko J. The influence of structural and organizational factors on the performance of primary health care in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil, according to nurses and managers. Cad. Saúde Pública (Online). 2015 [acesso em 03 set 2019]; 31 (9): 1941-1952. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00132114.

Bertoncini JH, Pires DEP, Scherer MDA. Condições de trabalho e renormalizações nas atividades das enfermeiras na saúde da família. Trab Educ Saúde (Online). 2011 [acesso em 02 set 2019]; 9: 157-173. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1981-77462011000400008.

Franco CM, Franco TB. Linhas do cuidado integral: uma proposta de organização da rede de atenção. São Paulo: 2015. Disponível em: http://www.saude.sp.gov.br/resources/humanizacao/homepage/acesso-rapido/formacao-tecnica-em-acolhimento-na-atencao-basica/passo_a_passo_linha_de_cuidado.pdf.

Souza TP, Carvalho SR. Territorial support and multi-referential team: cartographies of the confluence between the method of support and the guidelines for harm reduction at a street-level among crack users and at the health network in the city of Campinas, SP, Brazil. Interface (Botucatu, Online).2014 [acesso em 27 ago 2019]; 18: 945-956. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622013.0518.

Ribas EN, Bernardino E, Larocca LM, Poli Neto P, Aued GK, Silva CPC. Nurse liaison: a strategy for counter-referral. Rev Bras Enferm. 2018 [acesso em 02 set 2019]; 71( Suppl 1 ): 546-553. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0490.

Miranda Neto MV, Rewa T, Leonello VM, Oliveira MAC. Advanced practice nursing: a possibility for Primary Health Care?. Rev Bras Enferm. 2018 [acesso em 02 set 2019]; 71( Suppl 1): 716-721. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0672.

Montelo FM, Monturil LA, Moura EF, Barasuol AM, Dodero SR, Maciel ES et al. Avaliação dos atributos da Atenção Primária à Saúde: visão dos profissionais. Enferm em Foco [Internet]. 2020 [cited 2020 jun 27];10(6). Availablefrom: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n6.2778.

Silva FML, Pimenta FJNA, Saraiva GBN, Barros MMA. Atualização profissional frente às práticas de enfermagem: um relato de experiência. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 2019[acesso em 23jan 2020]; 32; e1186. Disponível em:https://doi.org/10.25248/reas.e1186.2019

Moll MF, Boff NN, Silva PS, Siqueira TV, Ventura CAA. O enfermeiro na Saúde da Família e a promoção de saúde e prevenção de doenças. Enferm em Foco [Internet]. 2019 [acesso em 27 jun 2020]; 10(3). Disponível em: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n3.2001.

Vendruscolo C, Ferraz F, Prado ML, Kleba ME, Reibnitz KS. Teaching-service integration and its interface in the context of reorienting health education. Interface (Botucatu, Online).2016 [acesso em 04 set 2019]; 20 (59): 1015-25. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1807-57622015.0768.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n4.3130

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.