Aspectos éticos no cuidado de enfermagem ao idoso em cuidados paliativos: revisão integrativa

Lélia Mendes Sobrinho Oliveira, Monah Licia Santos de Almeida, Carolina Pedra Branca Valentim Silva, Darci de Oliveira Santa Rosa, Nildete Pereira Gomes, Larissa Chaves Pedreira

Resumo


Objetivo: Identificar e descrever as evidências disponíveis na literatura sobre os aspectos éticos do cuidado do enfermeiro ao idoso em cuidados paliativos. Metodologia: Revisão integrativa na literatura com busca na Biblioteca Virtual em Saúde, no período abril a maio de 2019, com combinação dos descritores: “cuidados paliativos”, “enfermagem”, “idoso” e “ética”. Resultado: Amostra de 04 artigos agrupados nas categorias temáticas: “princípios éticos e o dilema do enfermeiro na prestação dos cuidados paliativos” e “o papel do enfermeiro no alívio do sofrimento do idoso em cuidados paliativos”. Identificou-se que o princípio ético mais discorrido foi a da autonomia e a importância do conhecimento para a manutenção da ética das relações foi salientada. Conclusão: Entender o indivíduo na sua singularidade e preservar a sua dignidade, é papel do enfermeiro. Considerando a importância do tema, o volume de publicações sobre o assunto foi insuficiente para responder as inquietações do estudo.


Texto completo:

PDF

Referências


World Health Organization. Definition of Palliative Care. WHO; 2018. doi: https://www.who.int/cancer/palliative/definition/en/

Oliveira MB. A abordagem de pacientes com dores crônicas e cuidados paliativos na Estratégia de Saúde da Família. Rio de janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2015. Especialização em Saúde da Família.

de Oliveira M, Ribeiro H, da Costa N. Qualidade de vida de idosos amazônicos que participam de um grupo de convivência. Enfermagem em Foco.2019; 10(3): 58-63. doi:https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n3.2529

Costa RS, Santos AGB, Yarid SD, Sena DLS, Boery RNSO. Reflexões bioéticas acerca da promoção de cuidados paliativos a idosos. Saúde debate. 2016; 40(108):170-177. doi: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-11042016000100170&lng=en&nrm=iso

Picollo DP, Fachini M. A atenção do enfermeiro ao paciente em cuidado paliativo. Revista de Ciências Médicas. 2018; 27(2): 85-92. doi: https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/cienciasmedicas/article/view/3855/2759

Souza IA, Bastos NLMV, Vilela ABA, Sena ELS, Boery RNSO, Rocha RM. Espiritualidade e bioética nas questões sociais envolvendo a enfermagem. Revista Eletrônica Acervo Saúde. 2019; 11(4): 276. doi: https://acervocientifico.com.br/index.php/saude/article/view/276

Santa Rosa DO, Fontoura EG. A bioética e os cuidados paliativos. In: Silva RS, Amaral JB, Malagutti W. Enfermagem em cuidados paliativos: cuidando para uma boa morte. São Paulo: Martinari; 2019. p. 51-69.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvao CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto – enfermagem. [citado 2017]. 2008; 17(4): 758-764. doi: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072008000400018&lng=en&nrm=iso.

Danski MTR, Oliveira GLR, Pedrolo E, Lind J, Johann DA. Importância da prática baseada em evidências nos processos de trabalho do enfermeiro. Ciencia, Cuidado e Saúde. 2017; 16(2). doi: http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v16i2.36304.

Nagington M, Walshe C, Luker KA. Quality care as ethical care: a poststructural analysis of palliative and supportive district nursing care. Nursing Inquiry. 2016; 23(1): 12-23. doi: https://doi.org/10.1111/nin.12109.

Olsman E, Willems D, Leget C. Solicitude: balancing compassion and empowerment in a relational ethics of hope-an empirical-ethical study in palliative care. Medicine, Health Care and Philosophy. 2016; 19(1): 11-20. doi: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs11019-015-9642-9 .

Gallagher, A Curtis K, Dunn M,Baillie L. Realising dignity in care home practice: an action research project. International Journal of Older People Nursing. 2017; 12(2). doi: https://doi.org/10.1111/opn.12128.

Goldsborough, J. L; Matzo, M. Palliative Care in the Acute Care Setting. American Journal of Nursing. 2017; 117(9): 64-67. doi: https://journals.lww.com/ajnonline/fulltext/2017/09000/Palliative_Care_in_the_Acute_Care_Setting.37.aspx#print-article-link.

Silva Santos RAA , Corrêa, R.G.C.F , Rolim ILTP, Coutinho NPS. Atenção no cuidado ao idoso: infantilização e desrespeito à autonomia na assistência de enfermagem. Revista Pesquisa em Saúde. 2016; 1(73): 179-183.

Santos PA, Heidemann ITSB, Marça CCB, Arakawa-Belaunde AM . A percepção do idoso sobre a comunicação no processo de envelhecimento. Audiology - Communication Research. 2019; 24: e2058. doi: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-64312019000100312&lng=en&nrm=iso.

Ohara ECC. Aging and public health policies and the interface with bioethics. Brazilian Journal of Health Review. 2019; 2(2): 6.

de Olivira M, Gelbcke F, da Rosa L, Vargas M, Reis J. Cuidados paliativos: visão de enfermeiros de um hospital de ensino. Enfermagem em Foco. 2016; 7(1): 28-32. doi:https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n1.661.

Isoldi DMR, Carvalho FPB, Simpson CA. Contextual analysis of nursing assistance to a person with HIV/ AIDS. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online. 2017; 9(1): 273-278. doi: http:// seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/4119/pdf.

Prado RT, Leite JL, Castro EAB, Silva LJ, Silva IR. Desvelando os cuidados aos pacientes em processo de morte/morrer e às suas famílias. Revista Gaúcha de Enfermagem. 2018; 39: e2017-0111. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2018.2017-0111.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n2.3321

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.