Conhecimento de Profissionais de Enfermagem sobre Cuidados Paliativos em Unidades de Internação Clínica

Ronaldo de Souza Pereira, Eugenio Fuentes Pérez Júnior, Ariane da Silva Pires, Rafael Tavares Jomar, Cristiane Helena Gallasch, Helena Ferraz Gomes

Resumo


Objetivo: identificar o conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre cuidados paliativos nos setores de clínica médica. Metodologia: estudo qualitativo, realizado em um hospital público no estado do Rio de Janeiro, Brasil.  Foram entrevistados 20 profissionais de enfermagem nos meses de janeiro e fevereiro de 2019. Os dados foram analisados através da análise de conteúdo temática. Resultados: Evidenciou-se a compreensão dos profissionais de enfermagem sobre os cuidados paliativos; fatores intervenientes a realização dos cuidados paliativos de qualidade e o conhecimento dos profissionais de enfermagem acerca das normatizações e legislações referentes aos cuidados paliativos. Conclusão: os profissionais de enfermagem possuem uma percepção contraditória sobre os cuidados paliativos com ocorrência de fatores intervenientes a implementação dos cuidados paliativos e um desconhecimento a respeito das legislações e normas que regem os cuidados paliativos.


Texto completo:

PDF

Referências


- Nickel L, Oliari LP, Vesco SNPD, Padilha MI. Grupos de pesquisa em cuidados paliativos: a realidade brasileira de 1994 a 2014. Esc Anna Nery. Rio de Janeiro, v.20, n.1, p.70-76, jan-mar 2016.

– Fuly PSC, Pires LMV, Souza CQS, Oliveira BGRB, Padilha KG. Carga laboral de enfermería de pacientes oncológicos bajo cuidados paliativos. Rev Esc Enferm USP · 2016;50(5):793-800. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420160000600012

- Santana JCB, Paula KF, Campos ACV, Rezende MAE, Barbosa BDG, Dutra BS, Baldessari CEFl. Cuidados paliativos aos pacientes terminais: percepção da equipe de enfermagem. Centro Universitário São Camilo;3(1):77-86, 2009

-Torres-mesa LM; Schmidt-Riovalle J; García-García, I. Conocimiento de la ley y preparación del personal sanitario sobre el proceso asistencial de la muerte. Rev Esc Enferm USP; v.47, n.2, p.464-70, 2013.

-Hermes, HR; Lamarca ICA. Cuidados paliativos: uma abordagem a partir das categorias profissionais de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 18(9):2577-2588, 2013.

-Ferian A; Prado B. Moc-cuidados paliativos: Manual de Oncologia Clínica do Brasil, cuidados paliativos. 1 ed. São Paulo: Dendrix, 2017. 124 p.

- Brasil. Instituto Nacional do câncer. Inca. Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2018.

- Santos BC, Souza IM, Scaldelai RS et al. Rev enferm UFPE on line., Recife, 11(6):2288-5, jun., 2017.

- Silva CF, Souza DM, Pedreira LC, Santos MR, Faustino TN. Concepções da equipe multiprofissional sobre a implementação dos cuidados paliativos na unidade de terapia intensiva. Ciênc Saúde Coletiva.2013;18(9):2597-604

- Saito DVT, Zoboli ELCP. Cuidados paliativos e a atenção primária à saúde: scoping review. Rev Bioét.2015;23(3):593-607.

- Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p

- Freitas NO, Pereira MVG. Percepção dos enfermeiros sobre cuidados paliativos e o manejo da dor na UTI. O Mundo da Saúde, São Paulo - 2013;37(4):450-457.

- Matos FA, Moraes TM. A Enfermagem nos cuidados paliativos. In: Figueiredo MTA, organizadores. Coletânea de textos sobre cuidados paliativos e Tanatologia. São Paulo: Unifesp; 2006. p. 49-62.

- Agencia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP). 2019. Disponível em: https://paliativo.org.br/ Acesso em: 06 jun. 2018.

- Vasques TCS, Lunardi VL, Silva PA, Carvalho KK, Lunardi Filho WD, Barros EJL. Percepção dos trabalhadores de enfermagem acerca do cuidado ao paciente em terminalidade no ambiente hospitalar. Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 25, n. 3, e0480014, 2016

- Maciel, MGS. Definições e princípios. Cuidado paliativo, CREMESP, 1-I, p. 18-21, 2008.

- Matsumoto, D. Y. Cuidados Paliativos: conceito, fundamentos e princípios. In: Carvalho, R. T.; Parsons, HA. (Org.) Manual de Cuidados Paliativos. São Paulo: Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP), 2012. p.23-30.

- Byock, I. Principles of Palliative Medicine. In: WALSH, D. et al. Palliative Medicine. [An Expert Consult Title]. Philadelphia, USA: Saunders Elsevier, 2009. p.33-41.

- Costa AP, Poles K, Silva AE. Comunicação saúde educação. 2016; 20(59):1041-52

- Alves MA. O ensino de cuidados paliativos nas faculdades públicas federais de graduação em enfermagem no brasil: uma análise da situação atual através dos currículos [internet]. 2016. [Acesso em: 23 set. 2019]. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/88721/2/169156.pdf

- Saúde MS. RESOLUÇÃO Nº 41, DE 31 DE OUTUBRO DE 2018 [internet]. DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO; 2018. [Acesso em: 20 out. 2019]. Disponível em: http://www.in.gov.br/web/guest/materia/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/51520746/do1-2018-11-23-resolucao-n-41-de-31-de-outubro-de-2018-51520710

- COFEN. RESOLUÇÃO COFEN Nº 570/2018 – REVOGADA PELA RESOLUÇÃO COFEN Nº 577/2018 [internet]. DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO; 2018. [Acesso em: 20 out. 2019]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-0570-2018_61172.html

- COFEN. RESOLUÇÃO COFEN Nº 564/2017 [internet]. DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO; 2017. [Acesso em: 20 out. 2019]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-5642017_59145.html




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n3.3335

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.