Registros de enfermagem nas consultas em puericultura

Maria Isabelly de Melo Canêjo, Tayná Maria Lima Silva, Ana Paula Esmeraldo Lima

Resumo


Objetivo: Analisar os registros de enfermagem nas consultas em puericultura de crianças de 0 a 18 meses assistidas em Unidade de Saúde da Família. Metodologia: Estudo documental, realizado através de pesquisa em prontuários de uma Unidade de Saúde da Família, composta por quatro equipes de saúde da família, no município do Recife, Pernambuco. A amostra foi composta por 108 prontuários de lactentes de 0 a 18 meses. Os dados foram analisados com o auxílio do software SPSS, por meio de análise descritiva. Resultados: Em relação aos registros de enfermagem, pôde-se observar que em apenas 1,9% dos prontuários constavam todas as medidas antropométricas, e somente 6,5% apresentavam os marcos do desenvolvimento. Nos registros de alimentação, 58,7% dos prontuários registravam a duração do aleitamento materno exclusivo, e quando se fazia uso de leite industrializado, apenas 6,9% apresentavam sua diluição. Quanto à prescrição de suplementação de ferro, houve registro em 4,6% dos prontuários, dos quais nenhum descreveu o esquema de suplementação prescrito. Em relação à imunização, 99,1% apresentavam registro acerca da vacinação. Conclusões: Observou-se uma lacuna nos registros das consultas de enfermagem em puericultura, com ausência de informações no prontuário essenciais para o acompanhamento sistemático da saúde da criança.

Descritores: Registros de enfermagem; Enfermagem no consultório; Cuidado da criança; Cuidados de enfermagem; Saúde do lactente.


Texto completo:

PDF

Referências


Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da Criança: Crescimento e Desenvolvimento [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2012 [capturado 2020 Mar 24]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_crescimento_desenvolvimento.pdf

Brito GV, Albuquerque IMAN, Ribeiro MA, Ponte ECS, Moreira RMM, Linhares MDGC. Consulta de Puericultura na Estratégia Saúde da Família: Percepção de Enfermeiros. Rev APS. [periódico online]. 2018 [capturado 2020 Mar 24]; 21(1):48-55. Disponível em: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2018.v21.16040

Garcia RA. Guia de boas práticas de enfermagem na atenção básica: norteando a gestão e a assistência. São Paulo: Coren-SP; 2017.

Garritano CRDO, Junqueira FH, Lorosa EFS, Fujimoto MS, Martins WHA. Avaliação do Prontuário Médico de um Hospital Universitário. Rev Bras Educ Med. [periódico online]. 2020 [capturado 2020 Mar 23]; 44(1):e009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5271v44.1-20190123

Rodrigues PM, Paraboni P, Arpini DM, Brandolt CR, Lima JV, Cezar PK. O registro em prontuário coletivo no trabalho do psicólogo na Estratégia Saúde da Família. Estud Psicol. [periódico online]. 2017 [capturado 2020 Mar 24]; 22(2):195-201. Disponível em: http://dx.doi.org/10.22491/1678-4669.20170020

Santana CJ, Oliveira MLF, Marcon SS. Análise documental de prontuário de paciente: uma revisão sistemática da literatura. Rev Par Enferm. [periódico online]. 2019 [capturado 2020 Mar 24]; 2(1):75-84. Disponível em: http://seer.fafiman.br/index.php/REPEN/article/view/557/526

Silva TG, Santos RM, Crispim LDMC, Almeida LMWS. Conteúdo dos registros de enfermagem em hospitais: contribuições para o desenvolvimento do processo de enfermagem. Enferm foco. [periódico online]. 2016 [capturado 2020 Mar 19]; 7(1):24-7. Disponível em: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n1.679

Silva VAD, Mota RS, Oliveira LS, Jesus ND, Carvalho CMD, Magalhães LGDS. Auditoria da qualidade dos registros de Enfermagem em prontuários em um hospital universitário. Enferm foco. [periódico online]. 2019 [capturado 2020 Mar 19]; 10(3):28-33. Disponível em: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n3.2064

Ferreira LDL, Chiavone FBT, Bezerril MDS, Alves KYA, Salvador PTCO, Santos VEP. Análise dos registros de técnicos de enfermagem e enfermeiros em prontuários. Rev Bras Enferm. [periódico online]. 2020 [capturado 2020 Mar 19]; 73(2):e20180542. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0542

Recife. Governo Municipal. Secretaria de Saúde do Recife. Secretaria Executiva de Coordenação Geral. Plano Municipal de Saúde 2018 – 2021. Recife: Prefeitura do Recife; 2018.

Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). Guia de recomendações para registro de enfermagem no prontuário do paciente e outros documentos de enfermagem [Internet]. Brasília: Cofen; 2016 [capturado 2020 Mar 24]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/wp-content/uploads /2016/08/Guia-de-Recomenda%C3%A7%C3%B5es-CTLN-Vers%C3%A3o-Web.pdf

World Health Organization (WHO). Report 2019: estimates developed by the UN Inter-agency Group for Child Mortality Estimation. Geneva: World Health Organization; 2019.

Stalin RRP, André NJ, Gozi TMB. Perfil das consultas de puericultura realizadas somente por enfermeiros. Rev Terra Cult. [periódico online]. 2019 [capturado 2020 Mar 24]; 35(esp):93-106. Disponível em: http://periodicos.unifil.br/index.php/Revistateste/article/view/999

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programadas e Estratégicas. II Pesquisa de Prevalência de Aleitamento Materno nas Capitais Brasileiras e Distrito Federal. [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2009 [capturado 2019 Out 18]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_prevalencia_aleitamento_materno.pdf.

Bauer DFV, Ferrari RAP, Cardelli AAM, Higarashi IH. Orientação profissional e aleitamento materno exclusivo: um estudo de coorte. Cogitare enferm. [periódico online]. 2019 [capturado 2020 Mar 20]; 24:e56532. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v24i0.56532

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: aleitamento materno e alimentação complementar. 2. ed. [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2015 [capturado 2019 Out 18]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_aleitamento_materno_cab23.pdf.

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Promoção da Saúde. Guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos. [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2019 [capturado 2020 Mar 18]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/guia_da_crianca_2019.pdf

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Programa Nacional de Suplementação de Ferro: manual de condutas gerais [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2013 [capturado 2020 Mar 23]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_suplementacao_ferro_condutas_gerais.pdf

Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Departamentos de Nutrologia e Hematologia-Hemoterapia. Consenso Sobre Anemia Ferropriva: mais que uma doença, uma urgência médica. [Internet]. Rio de Janeiro: SBP; 2018 [capturado 2020 Mar 23]. Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/ user_upload/21019f-Diretrizes_Consenso_sobre_anemia_ferropriva-ok.pdf

Oliveira CSDM, Augusto RA, Muniz PT, Silva SAD, Cardoso MA. Anemia e deficiência de micronutrientes em lactentes atendidos em unidades básicas de saúde em rio Branco, Acre, Brasil. Ciênc Saúde Colet. [periódico online]. 2016 [capturado 2020 Mar 24]; 21(2):517-29. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232015212.19072014

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança: orientações para implementação. [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2018 [capturado 2020 Mar 23]. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Politica _Nacional_de_Atencao_Integral_a_Saude_da_Crianca_PNAISC.pdf

Almeida AP, Ceballos LC, Barbosa ARC, Nogueira DA, Moreira DS. O registro do crescimento e desenvolvimento da criança na caderneta de saúde. Rev enferm UERJ. [periódico online]. 2017 [capturado 2020 Mar 24]; 25:e16895. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2017.16895

Baratieri T, Soares LG, Botti ML, Campanini AC. Consulta de enfermagem em puericultura: um enfoque nos registros de atendimentos. Rev enferm UFSM. [periódico online]. 2014 [capturado 2020 Mar 22]; 4(1):206-16. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5902/217976928553

Ribeiro GC, Padoveze MC. Nursing Care Systematization in a basic health unit: perception of the nursing team. Rev Esc Enferm USP. [periódico online]. 2018 [capturado 2020 Mar 22]; 52:e03375. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1980-220X2017028803375




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n2.3383

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.