Análise do processo de triagem neonatal biológica no estado de Mato Grosso

Kaynara Borges de Oliveira, Débora Oliveira de Jesus, Maria Fernanda Spegiorin Salla Brune, Fernando Riegel, Alessandra Vaccari, Maximilian Wilhelm Brune

Resumo


Objetivo: analisar a eficácia no processo de coleta e processamento de sangue dos recém-nascidos para a realização da triagem neonatal biológica. Método: estudo retrospectivo, descritivo e transversal, com a utilização de dados secundários do serviço de referência em triagem neonatal no Mato Grosso. A pesquisa foi realizada em dez municípios da região Garças-Araguaia, entre 2013 a 2016. Resultados: foi observado que somente um município alcançou 100% de cobertura dos nascidos vivos, conforme preconizado pelo Programa Nacional de Triagem Neonatal. Os demais municípios apresentaram cobertura abaixo da média nacional (76,9%). As falhas identificadas no processo de coleta de sangue durante a triagem neonatal biológica evidenciadas foram amostras inadequadas, amostras diluídas e material insuficiente. Conclusão: enfatiza-se a necessidade de capacitação adequada por meio de educação permanente, a fim de ampliar o conhecimento técnico-científico dos profissionais de saúde envolvidos com a triagem neonatal biológica. Assim, a intervenção e a identificação precoce de doenças, diminuindo os riscos de sequelas, e garantindo a melhoria na qualidade de vida do bebê e na assistência prestada à população.

Descritores: Doenças Genéticas; Saúde da Criança; Recém-nascidos.

ANALYSIS OF THE BIOLOGICAL NEONATAL SCREENING PROCESS IN STATE OF MATO GROSSO

Objective: To analyze the efficacy in the process of blood collection and processing of newborns for biological neonatal screening. Methods: A retrospective, descriptive and cross-sectional study using secondary data from the Mato Grosso neonatal screening reference service. The survey was conducted in ten municipalities of the Garças-Araguaia region between 2013 and 2016. Results: It was observed that only one municipality achieved the full coverage of live births, as recommended by the National Program of Neonatal Screening. The other municipalities had a coverage below the national average (76.9%). The failures identified in the blood collection process during biological neonatal screening were inadequate samples, such as diluted samples and insufficient material. Conclusion: The need for adequate capacity-building through continuing education is emphasized in order to expand the technical-scientific knowledge of the health professionals involved in biological neonatal screening. The intervention and early identification of diseases is also emphasized, reducing the risk of sequelae, and ensuring the improvement in the baby’s quality of life and care provided to the population.

Descriptors: Genetic diseases; Child health; Newborns.

ANÁLISIS DEL PROCESO DE CRIBADO BIOLÓGICO NEONATAL EN EL ESTADO DEL MATO GROSSO

Objetivo: Analizar la eficacia en el proceso de recolección y procesamiento de sangre de recién nacidos para el cribado biológico neonatal. Métodos: Estudio retrospectivo, descriptivo y transversal en el que se utilizan datos secundarios del Servicio de referencia de cribado neonatal de Mato Grosso. La investigación se realizó en diez municipios de la región de Garças-Araguaia entre 2013 y 2016. Resultados: se observó que solo un municipio logró el 100% de cobertura de nacimientos vivos recomendado por el Programa Nacional de Cribado Neonatal. Los otros municipios tuvieron cobertura por debajo del promedio nacional (76,9%). Las fallas identificadas en el proceso de recolección de sangre durante el cribado biológico neonatal fueron muestras inadecuadas, como muestras diluidas y material insuficiente. Conclusión: se enfatiza la necesidad de una capacitación adecuada y el desarrollo de capacidades a través de la educación continua para ampliar el conocimiento técnico-científico de los profesionales de la salud involucrados en el cribado biológico neonatal. Por lo tanto, la intervención y la identificación temprana de enfermedades reducen el riesgo de secuelas y aseguran una mejora en la calidad de vida del bebé y en la atención brindada a la población.

Descriptores: Enfermedades genéticas; Salud infantil; Recién nacidos.


Texto completo:

PDF

Referências


Lacerda GSL et al. O panorama da triagem neonatal no estado do Amapá. Revista Visa em Debate [Internet] 2017 [Cited 2020 Set 23]: 5(2): 89-96. Available from: http://dx.doi.org/10.22239/2317-269x.00903

Abreu IS, Braguini WL. Triagem neonatal: o conhecimento materno em uma maternidade no interior do Paraná, Brasil. Rev Gaúcha Enferm [Internet] 2011 [Cited 2020 Set 23]: 32(3): 596-601. Available from: https://doi.org/10.1590/S1983-14472011000300023

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.829, de 14 de dezembro de 2012. Inclui a Fase IV no Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN), instituído pela Portaria nº 822/GM/MS, de 6 de junho de 2001. Diário Oficial da União 17 de dezembro de 2012. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt2829_14_12_2012.html

Santos EC, et al. O conhecimento de puérperas sobre a triagem neonatal. Cogitare Enfermagem [Internet] 2011 [Cited 2020 Set 23]: 16(2): 282-288. Available from: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/21817

Aguiar ASC, Ximenes LB, Lúcio IML, Pagliuca LMF, Cardoso MVLML. Association of the red reflex in newborns with neonatal variables. Rev. Latino-Am. Enferm, [Internet] 2011 [Cited 2020 Set 23]: 19(2): 2-4. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n2/pt_12.pdf

Dias WCFGS, Paschoal MR, Cavalcanti HG. Análise da cobertura da triagem auditiva neonatal no Nordeste brasileiro. Audiology Communication Reserch [Internet] 2017 [Cited 2020 Set 23]: 22(28): 2-5. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2017-1858

Carvalho BM, et al. Early access to biological neonatal screening: articulation between actions of child care programs. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet] 2020 [Cited 2020 Set 23]: 1-7. Available from: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-11692020000100326&script=sci_arttext&tlng=pt

Medeiros AL, Freitas TB, Araújo JSS, Mattos SS. Oximetria de pulso em Triagem de cardiopatias congênitas: conhecimento e atuação do enfermeiro. Cogitare Enferm Research [Internet] 2015 [Cited 2020 Set 23]: 20(3): 605-611. Available from: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/40941/26358

Aguiar ASC, Jesus LC, Alves DMC, Araújo AJS, Araújo IS, Oliveira GRSA, Barreto ES. Teste do coraçãozinho: importância da oximetria de pulso em neonatos para detecção precoce de cardiopatias. Revista Eletrônica Acervo Saúde [Internet] 2018 [Cited 2020 Set 23]: 12(1): 1349-1357. Available from: https://www.acervosaude.com.br/doc/REAS258.pdf

Martinelli RLC. Estudo longitudinal das características anatômicas do frênulo lingual comparado com afirmações da literatura. Rev. CEFAC [Internet] 2014 [Cited 2020 Set 23]: 16(4):1202-1207. Available from: https://www.scielo.br/pdf/rcefac/v16n4/1982-0216-rcefac-16-4-1202.pdf

Oliveira EF, Souza AP. A Importância da Realização Precoce do Teste do Pezinho: O Papel do Enfermeiro na Orientação da Triagem Neonatal. Revista de Psicologia [Internet] 2017 [Cited 2020 Set 23]: 11(35): 361-378. Available from: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/742/0

Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias e Inovação em Saúde. [Internet] 2020 [Cited 2020 Set 23]: 516(1): 1-90. Available from: http://conitec.gov.br/images/Relatorios/2020/Relatorio_Teste_Pezinho_Deteccao_Toxoplasmose_Congenita_516_2020_FINAL.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança: orientações para implementação. Brasília; 2018. 180 p. [Acesso 2 jun 2019]. Available from: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/Politica_Nacional_de_Atencao_ Integral_a_Saude_da_Crianca_PNAISC.pdf

Nunes AKC, Wachholz RG, Rover MRM, Souza LC. Prevalência de patologias detectadas pela triagem neonatal em Santa Catarina. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet] 2013 [Cited 2020 Set 23]: 57(5): 360-367. Available from: https://doi.org/10.1590/S0004-27302013000500005

Stranieri I, Takano OA. Avaliação do Serviço de Referência em Triagem Neonatal para hipotireoidismo congênito e fenilcetonúria no Estado de Mato Grosso, Brasil. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet] 2009 [Cited 2020 Set 23]: 53(4): 446-52. Available from: https://doi.org/10.1590/S0004-27302009000400010

Batistti AC. et al. Conhecimento do enfermeiro sobre a importância e operacionalização do Programa Nacional de Triagem Neonatal. Rev Enferm UFSM [Internet] 2018 [Cited 2020 Set 23]: 8(2): 288-303. Available from: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/28030

Furtado MCC, Nascimento LC, Bernardes A. Acesso seguro e precoce à triagem neonatal biológica: direito do recém-nascido [Internet]. BlogRev@Enf, 2020 [Cited 2020 Set 23]. Available from: https://blog.revenf.org/2020/08/07/acesso-seguro-e-precoce-a-triagem-neonatal-biologica-direito-do-recem-nascido/

Kraemer GC. Avaliação dos casos com resultado positivo na triagem neonatal para hiperplasia adrenal congênita no Paraná. Dissertação (Dissertação em Saúde da Criança e do Adolescente) – UFPR, p. 47. Curitiba, 2017.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Triagem neonatal biológica: manual técnico / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Especializada e Temática. – Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

Fulanetti KGB et al. Incidência de hipotireoidismo congênito identificados no teste do pezinho e seu impacto no processo de educação em saúde. Itinerarius Reflectionis [Internet] 2017 [Cited 2020 Set 23]: 13(1):1-17. Available from: https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/42441

Carvalho MDB, Pelloso SM, Higarashi IH, Luz GS. Cobertura do Programa de Triagem Neonatal em Maringá (PR), 2001 a 2006. Acta Paul Enferm [Internet] 2008 [Cited 2020 Set 23]: 21(1): 89-93. Available from: https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/42441

Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso. Resolução AB/MT nº 57, de 26 de julho de 2018. Dispõe sobre as diretrizes e o cronograma do processo de Planejamento Regional Integrado (PRI) e estabelece a conformação das dezesseis regiões de saúde no Estado de Mato Grosso em seis macrorregiões. Diário Oficial da União. Cuiabá, 18 dez. 2018.

Brasil. Ministério da Saúde. Coordenação-Geral de Sangue e Hemoderivados (CGSH/DAET/SAS/MS). Programa Nacional de Triagem Neonatal: Indicadores da Triagem Neonatal no Brasil. [Internet]. 2017 [Cited 2020 Set 23]. Available from: http://www.saude.gov.br/acoes-e-programas/programa-nacional-da-triagem-neonatal/indicadores-da-triagem-neonatal-no-brasil

Amorim T et al. Aspectos clínicos e demográficos da fenilcetonúria no Estado da Bahia. Revista Paulista de Pediatria [Internet] 2011 [Cited 2020 Set 23]: 29:(4): 612-617. Available from: https://doi.org/10.1590/S0103-05822011000400022

Mendes LC et al. Evolução do Programa de Triagem Neonatal no Estado do Tocantins. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet] 2013 [Cited 2020 Set 23]: 57(2):112-119. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&nrm=iso&lng=pt&tlng=pt&pid=S0004-27302013000200003

Arduini GA et al. Conhecimento das puérperas sobre o teste do pezinho. Revista Paulista de Pediatria [Internet] 2017 [Cited 2020 Set 23]: 35(2): 1-7. Available from: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;2;00010.

Silva CA et al. Triagem neonatal de hemoglobinopatias no município de São Carlos, São Paulo, Brasil: análise de uma série de casos. Revista Paulista de Pediatria [Internet] 2015 [Cited 2020 Set 23]: 33(1):19-27. Available from: http://dx.doi.org/10.1016/j.rpped.2014.08.001

Strefling ISS et al. Conhecimento sobre triagem neonatal e sua operacionalização. Cogitare Enfermagem [Internet] 2014 [Cited 2020 Set 23]: 19(1):27-33. Available from: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/35928

Reis EFS, Partelli ANM. Pezinho Test: knowledge and attitude of nursing professionals. Brazilian Journal of Health Research [Internet] 2014 [Cited 2020 Set 23]: 16(1): 25-33. Available from: https://periodicos.ufes.br/rbps/article/view/8489

Brasil. Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico (NUPAD). Diagnóstico Situacional do Programa Nacional de Triagem Neonatal nos estados brasileiros: relatório técnico / Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico – NUPAD. Belo Horizonte: NUPAD, 2013.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n5.3404

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.