Equipe Técnica Temporária Especializada em hospitais de pequeno porte: estratégia de controle do Covid-19

Francisco Glauber Peixoto Ferreira

Resumo


Objetivo: traçar uma estratégia por meio da criação das Equipes Técnicas Temporárias Especializadas, a ser implementadas em hospitais de pequeno porte no atendimento aos casos com suspeita de infecção por Covid-19. Método: trata-se de um estudo de inovação tecnológica desenvolvido na relação entre a situação de calamidade pública mundial e as possibilidades pautadas na literatura. Realizou-se um levantamento bibliográfico na Biblioteca Virtual em saúde, ao final da pesquisa, elaborou-se como instrumento norteador um fluxograma em que consta o direcionamento para implementação dessa estratégia, e uma tabela dinâmica adaptável construída em eixos. Resultados: busca-se com esse projeto, desenvolver tecnologias rápidas e instantâneas no atendimento de enfermagem dentro de hospitais de pequeno porte, como também, orientar profissionais na conduta de pacientes suspeitos de Corona Vírus. Na mesma ótica, desperta o interesse da classe para aquisição de uma visão mais crítica no setor de trabalho, através da adaptação fortalece os vínculos da administração com os membros assistencialistas. Considerações finais: A Equipe Técnica Temporária Especializada foi formulada com base em uma necessidade emergente em período de pandemia, em razão do grande número de casos suspeitos atendidos em hospitais interioranos, garantindo a segurança profissional.

Descritores: Tecnologias de Enfermagem; Método Organizacional; Pandemia; Covid-19.

 

SPECIALIZED TEMPORARY TECHNICAL TEAM IN SMALL HOSPITALS: COVID-19 CONTROL STRATEGY

Objective: outline a strategy through the creation of Temporary Specialized Technical Teams, to be implemented in small hospitals to assist cases with suspected Covid-19 infection. Method: it is a study of technological innovation developed in the relationship between the situation of global public calamity and the possibilities based on the literature. A bibliographic survey was carried out at the Virtual Health Library, at the end of the research, a flowchart was drawn up as a guiding instrument containing the direction for implementing this strategy, and an adaptable dynamic table built on axes. Results: this project seeks to develop rapid and instantaneous technologies in nursing care within small hospitals, as well as to guide professionals in the management of suspected Corona virus patients. In the same perspective, it arouses the interest of the class to acquire a more critical view in the work sector, through adaptation it strengthens the bonds of the administration with the assistentialist members. Final Considerations: the Temporary Specialized Technical Team was formulated based on an emerging need in a pandemic period, due to the large number of suspected cases treated in rural hospitals, guaranteeing professional safety.

Descriptors: Nursing Technologies; Organizational Method; Pandemic; Covid-19.

 

EQUIPO TÉCNICO TEMPORAL ESPECIALIZADO EN PEQUEÑOS HOSPITALES: ESTRATEGIA DE CONTROL COVID-19

Objetivo: esbozar una estrategia a través de la creación de equipos técnicos especializados temporales, que se implementarán en pequeños hospitales para ayudar a casos con sospecha de infección por Covid-19. Método: es un estudio de innovación tecnológica desarrollado en la relación entre la situación de calamidad pública global y las posibilidades basadas en la literatura. Se realizó una encuesta bibliográfica en la Biblioteca Virtual de Salud, al final de la investigación, se elaboró un diagrama de flujo como instrumento guía que contiene la dirección para implementar esta estrategia, y una tabla dinámica adaptable construida sobre ejes. Resultados: este proyecto busca desarrollar tecnologías rápidas e instantáneas en la atención de enfermería en pequeños hospitales, así como orientar a los profesionales en el manejo de pacientes sospechosos del virus Corona. En la misma perspectiva, despierta el interés de la clase de adquirir una visión más crítica en el sector laboral, a través de la adaptación fortalece los lazos de la administración con los miembros asistenciales. Consideraciones Finales: el Equipo Técnico Especializado Temporal fue formulado en base a una necesidad emergente en un período de pandemia, debido a la gran cantidad de casos sospechosos tratados en hospitales rurales, garantizando la seguridad profesional.

Descriptores: Tecnologías de Enfermería; Método Organizacional; Pandemia; Covid-19.


Texto completo:

PDF

Referências


Ceará. Secretaria da Saúde do Ceará. Doença pelo novo Coronavírus (COVID-19). Inf. Epidem. v.18, n.18, p.1-9. 2020. Disponível em: < https://www.saude.ce.gov.br/download/arquivos-coronavirus-covid-19/>. Acesso em: 01, abr. 2020.

Qualls N, Levitt A, Kanade N, Wright-Jegede N, Dopson S, Biggerstaff M, et al. Community mitigation guidelines to prevent pandemic influenza — United States, 2017. MMWR Recomm Rep [Internet]. v.66, n.1, p.1-32, 2020. Available from: https://doi.org/10.15585/mmwr.rr6601a1 .

Miorin, JD, Camponogara S, Pinno C, Freitas EO, Cunha QB, Dias GL. Estratégias de defesa utilizadas por trabalhadores de enfermagem atuantes em pronto-socorro. Enferm. Foco, v.7, n.2, p.57-61, 2016. Disponível em: < http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/796>. Acesso em: 01, abr. 2020.

Felipe TRL, Spiri WC. Construção de um instrumento de passagem de plantão. Enferm. Foco, v.10, n.7, p.76-82, 2019. Disponível em: < http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/2451>. Acesso em: 01, abr. 2020.

Carvalho BC. Atuação da equipe de enfermagem no cuidado ao paciente grave. REAS/EJCH, v.17, n.36, p.1-7, 2019. Doi: https://doi.org/10.25248/reas36_2019

Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 9ª ed. São Paulo: EDUC, 2006.

Lopes GT, organizador. Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos: normas da ABNT – Estilo Vancouver – Bioética. Rio de Janeiro: UERJ/EPUB, 2006.

Pimenta CAM, Lopes CT, Amorim AF, Nishi FA, Shimoda GT, Jensen R. Guia para construção de protocolos assistenciais de enfermagem. São Paulo: COREN, 2017. Disponível em: < https://portal.coren-sp.gov.br/sites/default/files/Protocolo-web.pdf> Acesso em: 01 abr 2020.

Conselho Federal de Enfermagem. Diretrizes para elaboração de protocolos de enfermagem na atenção primária à saúde pelos conselhos regionais. Brasil – COFEN, 2018. Disponível em: . Acesso em: 16 mai 2020.

Bortoluzzi TVC, Cavalcanti PB, Ely VJMB. Quartos de isolamento em unidades de urgência e emergência: sinergia entre legislação e prática? Arquitetura Revista, v.16, n.1, 2020. Disponível em: < http://www.revistas.unisinos.br/index.php/arquitetura/article/view/arq.2020.161.07>. Acesso em: 01, abr. 2020.

Canavezi CM, Nicola AL, Marinho AM, Fugulin FT, Biehl JI. Sávia A. Conselho Federal de Enfermagem. Manual Prático: dimensionamento de pessoal. Resolução 543/2017. Disponível em: < http://edimensionamento.cofen.gov.br/anexos/MANUAL_PRATICO.pdf?cid=4314>. Acesso em: 01, abr. 2020.

Secretaria de Atenção Primária a Saúde. Procedimento Operacional Padronizado. Ministério da Saúde, Brasília-DF. 2020. Disponível em: < https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/marco/30/20200330-POP-EPI-ver002-Final.pdf>. Acesso em: 01, abr. 2020.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n1.ESP.3498

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.