Árvore da vida: projeto de impressão placentária em maternidades públicas estaduais do Centro-Oeste

Raiane Rayssa Pereira dos Santos, Amanda Santos Fernandes Coelho, Aline Bueno Coelho, Stéphanie Marques Alves Vieira Angelim, Laryssa Rezende Faria, Samira dos Passos Hanum, Ana Claudia Andrade Cordeiro Pires, Janaina Valadares Guimarães

Resumo


Objetivo: relatar a experiência de residentes e enfermeiros obstétricos na implantação do projeto de impressão placentária em maternidades públicas do Estado de Goiás. Métodos: Trata-se de um relato de experiência acerca da realização de impressão placentária. A iniciativa ocorreu em Hospitais-Maternidades de Goiânia-GO. O projeto se iniciou em janeiro de 2019 e ficou vigente até março de 2020, devido à pandemia da Covid-19. O público-alvo consistiu em mulheres assistidas pela equipe de enfermagem obstétrica, sem exclusão de qualquer natureza. Resultados: As parturientes que receberam o carimbo da placenta expressaram face de surpresa e transmitiram sentimentos de gratidão, felicidade, empatia e sensibilidade. O momento do parto e nascimento é resgatado por meio de uma memória positiva, expressa, muitas vezes, pelo olhar direcionado ao recém-nascido. Ocorre o estreitamento do vínculo com a equipe de saúde, favorecendo uma comunicação facilitada, satisfação e confiança, além do estímulo profissional, aperfeiçoamento da técnica e promoção da humanização. Conclusão: O Carimbo da Placenta é um método de registro e de resgate do parto e nascimento que, somado às boas práticas, garantem não só a humanização na assistência, mas um vínculo afetivo e de segurança da paciente com a equipe de saúde.

Descritores: Placenta. Enfermagem Obstétrica. Humanização da Assistência.

TREE OF LIFE: PLACENTA PRINTING PROJECT IN PUBLIC MATERNITIES IN THE MIDWEST STATE

Objective: To report the experience of residents and obstetric nurses in implementing the placenta printing project in public maternity hospitals in Goias State. Methods: This is an experience report about placenta printing. The initiative took place in Maternity Hospitals in Goiânia-GO. The project started in January 2019 and went on until March 2020, due to the Covid-19 pandemic. The target audience consisted of women assisted by the obstetric nursing team, without exclusion of any kind. Results: The parturients who received the placenta stamp were surprised and expressed feelings of gratitude, happiness, empathy and sensitivity. The childbirth moment is recovered through a positive memory, often expressed by looking at the newborn. Bonds are established with the health team, favoring open communication, satisfaction and trust, in addition to professional stimulation, technique improvement and promoting humanization. Conclusion: The Placenta Stamp is a method of registering and recovering labor and birth that, added to good practices, guarantee not only the humanization of assistance, but also the affective bond and safety feelings of the patient toward the health team.

Keywords: Placenta; Obstetric nursing; Humanization of assistance.

ÁRBOL DE LA VIDA: PROYECTO DE IMPRESIÓN DE PLACENTA EN MATERNIDADES PÚBLICAS ESTADUALES DEL CENTRO-OESTE

Objetivo: Informar sobre la experiencia de residentes y enfermeras obstétricas en la implementación del proyecto de impresión placentaria en maternidades públicas en el Estado de Goiás. Métodos: Este es un informe de experiencia sobre la realización de la impresión de placenta. La iniciativa se pasó en los hospitales-maternidades de Goiânia-GO. El proyecto comenzó en enero de 2019 y siguió hasta marzo de 2020, debido a la pandemia de Covid-19. El público objetivo consistió en mujeres asistidas por el equipo de enfermería obstétrica, sin exclusión de ninguna naturaleza. Resultados: Las parturientas que recibieron el sello de placenta expresaron sorpresa y transmitieron sentimientos de gratitud, felicidad, empatía y sensibilidad. El momento del parto y el nacimiento se rescata a través de una memoria positiva, expresada, muchas veces, mirándose al recién nacido. Existe un estrechamiento del vínculo con el equipo de salud, lo que favorece a la comunicación, satisfacción y confianza, además de la estimulación profesional, la mejora de la técnica y la promoción de la humanización. Conclusión: El Sello de la Placenta es un método de registro y rescate del parto y del nacimiento que, sumado a las buenas prácticas, garantizan no solo la humanización de la asistencia, sino también el vínculo afectivo y de seguridad del paciente con el equipo de salud.

Descriptores: Placenta; Enfermería obstétrica; Humanización de la assistência.


Texto completo:

PDF

Referências


- Silva JA, Aoyama EA. A importância da enfermagem obstétrica na saúde da mulher brasileira. ReBIS [Internet]. 2020 [cited 2020 Jan 18]; 2(2):1-6. Available from: http://revista.rebis.com.br/index.php/rebis/article/view/344/111

- Brasil. Superintendência de educação em saúde e trabalho para o SUS, gerência da Escola Estadual de Saúde Pública “Cândido Santiago”. Regimento interno da comissão de residência multiprofissional (COREMU) dos programas de residência em área profissional da saúde da secretaria de estado da saúde de Goiás (SES-GO), 2019.

- Reis TR, Zamberlan C, Quadros JS, Grasel JT, Moro ASS. Enfermagem obstétrica: contribuições às metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Rev Gaúcha Enferm. [Internet]. 2015 [cited 2020 Jan 18]; 36(esp): 94-101. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v36nspe/0102-6933-rgenf-36-spe-0094.pdf.

- Brasil. Projeto arte com a placenta: “árvore da vida”. Hospital Materno infantil de Goiânia, 2019.

- Nascimento ACR, Lima ALP, Araújo JC, Santos L, Menezes MO. Assistência de enfermagem na fase latente do trabalho de parto: Relato de experiência. UNIT: Universidade Tiradentes [Internet]. 2017 [cited 2020 feb 8]; 9-12. Available from: https://eventos.set.edu. br/index.php/cie/article/viewFile/5410/1999.

- Reis CC, Ferreira KRS, Santos DA, Tenório IM, Brandão NW. Percepção das mulheres sobre a experiência do primeiro parto: implicações para o cuidado de enfermagem. Universidad de Concepción Concepción, Chile. Ciencia y Enfermería, 2017; 23(2): 45-56.

- Ministério da saúde. Aprimoramento e Inovação no Cuidado e Ensino em Obstetrícia e Neonatologia. Tiradentes [Internet]. 2017 [cited 2020 feb 8]. Available from: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/agosto/18/Apice-On-2017-08-11.pdf

- POON et al. Global interim guidance on coronavirus disease 2019 (COVID-19) during pregnancy and puerperium from FIGO and allied partners: Information for healthcare professionals [Internet]. 2020 [cited 2020 Abr 20]; a=Available from: https://obgyn.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/ijgo.13156

- Silva MJ. Carimbo da placenta eterniza emoção do parto em hospitais da SES. 2019 [cited 2020 Jan 24]. Available from: http://www.saude.go.gov.br/carimbo-de-placenta-eterniza-emocao-do-parto-em-hospitais-da-ses/.

- Duarte MR, Alves VH, Rodrigues DP, Souza KV, Pereira AV, Pimentel MM. Tecnologias do cuidado na enfermagem obstétrica: contribuição para o parto e nascimento. Cogitare enferm. [Internet]. 2019 [cited 2020 Jan 8]; 24. Available from: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v24i0.54164.

- Alves MACB, Lippi UG, Garcia SAL. Reflexões sobre a humanização na assistência de enfermagem obstétrica na visão do enfermeiro obstetra. Enferm. Bras. 2015; 14 (2): 99-110.

- Gama SGN et al. Labor and birth care by nurse with midwifery skills in Brazil. Reproductive Health [Internet].2016 [cited 2020 Feb 5]; 13(Suppl 1): 225-233. Available from: https://reproductive-health-journal.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12978-016-0236-7

- Souza DCS. Qualidade e segurança na assistência materna: estratégias da equipe de enfermagem. Faculdade Maria Milza, [Monografia]: 2018. [[cited 2020 Jan 24]. Available from:http://131.0.244.66:8082/jspui/bitstream/123456789/707/1/MANOGRAFIA%20DAIANE%20.pdf




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n5.3684

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.