Descrevendo necessidades de familiares de crianças internadas em unidade de terapia intensiva neonatal*

Fernanda Santos Pacheco Ribeiro, Marinese Hermínia Santos, Francisca Georgina Macedo Sousa, Ewaldo Éder Carvalho Santana, Sabrina Furtado Cunha Araújo, Cynthia Griselda Castro Viegas, Lorena Carvalho Braga

Resumo


Necessidades de familiares caracterizam-se como algo essencial, exigido pela pessoa, que quando suprido diminui a angústia, melhora a percepção e o bem-estar. Quais seriam as necessidades dos familiares dos recém-nascidos internados em UTI Neonatal? Foi realizado estudo exploratório quantitativo apoiado no instrumento INEFTI com objetivo de identificar as necessidades dos familiares segundo as dimensões segurança, informação, proximidade, conforto e suporte. As necessidades de segurança foram melhor atendidas para 85,7% dos familiares, enquanto, as de informação, as mais comprometidas. Conhecer as necessidades dos familiares oferece subsídios ao planejamento do cuidado e à implementação do cuidado centrado na criança e na família.

Descritores: Relações Profissional-Família, Acontecimentos que mudam a vida, Unidade de Terapia Intensiva.

Describing the needs of parents who have a child hospitalized in a newnatal intensive care unit

The needs of parents are characterized as something essential, required by the person that, when supplied, decreases the anguish, improves perception and wellbeing. What are the family needs from the newborns admitted to NICU's? This quantitative and exploratory study, supported by the INEFTI instrument, aims to evaluate the family needs according to the following dimensions: security, information, proximity, comfort and support. Security needs were better met for 85,7% of the parents, while the information needs were the most compromised one. Knowing the family needs offers subsidies to care planning and implementation of care centered on the child and family.

Descriptors: Professional-Family Relations, Life changing events, Intensive Care Units.

Describindo necesidades de familiares de niños internados en unidad de cuidados intensivos neonatales

Las necesidades de los familiares se caracterizan como algo esencial, exigido por la persona. Cuando suplidas, disminuyen la angustia, mejoran la percepción y el bienestar. ¿Cuáles serían las necesidades de los familiares de los recién nacidos internados en Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales? Fue realizado estudio exploratorio cuantitativo apoyado en el instrumento INEFTI, con objetivo de identificar las necesidades de los familiares conforme las dimensiones seguridad, información, proximidad, confortación y apoyo. Las necesidades de seguridad fueron mejor atendidas para 85,7% de los familiares, mientras las necesidades de información fueron las más comprometidas. Conocer las necesidades de los familiares ofrece subsidios al planeamiento del cuidado y para implementación del cuidado centrado en los niños y en la familia.

Descriptores: Relaciones Profesional-Familia, Acontecimientos que cambian la vida, Unidades de Cuidados Intensivos.

Texto completo:

PDF

Referências


Chalifour J. A intervenção terapêutica: os fundamentos existencial-humanistas da relação de ajuda. Loures: Lusodidacta; 2008. v. 1.

Horta WA. Processo de enfermagem. São Paulo: EPU; 1979.

Baldini SM. Avaliação das reações dos pais a internação do filho em unidade de terapia intensiva e desenvolvimento de uma proposta de apoio psicológico [tese] São Paulo: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; 2001.

Dazzi AMR, Santos SDC. Humanização nas UTI’s neonatais: atitudes que salvam vidas [Internet]. [citado em 2011 Set 20]. Disponível em: http: www.projetoradix.com

Morais GSN, Costa SFG. Experiência existencial de mães de crianças hospitalizadas em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Rev Esc Enferm USP. 2009;43(3):639-46.

Castro DS. Estresse e estressores dos familiares de pacientes com traumatismo crânio-encefálico em terapia intensiva [tese]. Rio de Janeiro: Escola de Enfermagem Ana Nery da UFRJ; 1999.

Lucchese AC. Estudo sobre os familiares dos pacientes internados no hospital geral e suas necessidades [dissertação]. São Paulo: Escola Paulista de Medicina da UNIFESP; 2003.

Freitas KS, Kimura M, Ferreira KA. Necessidades de familiares de pacientes em unidades de terapia intensiva: análise comparativa entre hospital público e privado. Rev Latinoam Enferm. 2007;15(1):84-92.

Neves FBCS, Dantas MP, Bittencourt AGV, Vieira PS, Magalhães LT, Teles JM, et al. Análise da satisfação dos familiares em unidade de terapia intensiva. Rev Bras Ter Intensiva. 2009;21(1):32-7.

Gomes IM, Faver L, Hermann AP, Lacerda MR. Aspectos éticos nas redes sociais de apoio no cuidado domiciliar à luz do pensamento complexo. Enferm Foco. 2012;3(3):110-3.

Costa MCG, Arantes MQ, Brito MDC. A UTI neonatal sob a ótica das mães [Internet]. [citado em 2011 Set]. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/revista/v12/n4/v12n4a15.htm

Mauriuti MR, Galdeano LE. Necessidades de familiares de pacientes internados em Unidade de Cuidados Intensivos. Acta Paul Enferm. 2007;30(1):37-43.

Santos MH. Estresse ocupacional em profissionais de enfermagem de uma unidade neonatal [dissertação]. São Luís: Universidade Federal do Maranhão; [s.d.].




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2012.v3.n4.381

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.