Avaliação dos riscos à saúde dos trabalhadores de Enfermagem do pronto socorro de um hospital universitário

João Carlos Pereira Angeli, Francisco Rosemiro Guimarães Ximenes Neto, Isabel Cristina Kowal Olm Cunha

Resumo


Objetivo: Identificar o conhecimento dos dos trabalhadores de Enfermagem do pronto socorro de um hospital universitário acerca dos riscos laborais a que estão submetidos. Método: Estudo exploratório sob a abordagem quantitativa, onde aplicou-se um questionário para 137 profissionais de Enfermagem (48 enfermeiros, 37 técnicos de enfermagem e 52 auxiliares de enfermagem) do Pronto Socorro de um Hospital Universitário. Resultados: Os sujeitos do estudo são predominantemente do sexo feminino (70,8%), na faixa etária de 26 a 35 anos (43,1%), com até cinco anos de trabalho no pronto socorro (81,6%) e atuando no turno noturno (41,6%). Dos riscos, os mais apontados foram os biológicos como bactérias, vírus, sangue, e secreções, pelas três categorias profissionais. Seguiram-se os riscos físicos com material perfuro cortante, manutenção precária e ruídos; os químicos medicamentos, poeira e desinfetantes; e os ergonômicos levantar e sustentar pacientes e andar muito pelo setor. Conclusão: Os profissionais reconhecem o principal risco envolvido em sua prática assistencial como sendo biológico. Esses resultados são importantes para nortear ações na gestão que visem ações preventivas.

Descritores: Riscos Ocupacionais; Serviço Hospitalar de Engenharia e Manutenção; Serviços Médicos de Emergência; Hospitais Universitários.


EVALUATION OF HEALTH RISKS FOR NURSING WORKERS IN THE EMERGENCY DEPARTMENT OF A UNIVERSITY HOSPITAL

Objective: To identify the health risks of nursing workers in the emergency department of a university hospital. Method: Exploratory study with quantitative approach, using a questionnaire applied in 137 nursing workers (48 nurses, 37 nursing technicians and 52 nursing assistants) from the Emergency Room of an university hospital center. Results: The sample consisted of predominantly female (70.8%), ages 26 to 35 years old (43.1%), with up to five years of work in the emergency room (81.6%) and working in the night shift (41.6%). The main risk cited by all professionals was Biological, exemplified by bacteria, viruses, blood, and secretions. Others risks were also remembered, such as the Physical ones: use of sharp-perforating material, poor maintenance of the environment and noise; Chemical risks described as contact with medical drugs, dust and disinfectants; and the Ergonomic ones, like to raise and to support patients and walk around the sector a lot. Conclusion: Nursing Professionals recognize the main risk involved in their daily practice as being biological. These results are important to guide further preventive actions.

Descriptors: Occupational Risks; Maintenance and Engineering, Hospital; Emergency Medical Services; Hospitals, University.


EVALUACIÓN DE RIESGOS DE SALUD DE TRABAJADORES DE ENFERMERÍA EN UN HOSPITAL UNIVERSITARIO

Objetivo: identificar los riesgos para la salud de los trabajadores de enfermería en el departamento de emergencias de un hospital universitario. Método: estudio exploratório con enfoque cuantitativo, desarrollado a partir de un cuestionario para 137 profesionales de enfermería (48 enfermeras, 37 técnicas de enfermería y 52 auxiliares de enfermería) de la sala de emergencias de uno hospital universitario. Resultados: Los sujetos del estudio son predominantemente mujeres (70.8%), de 26 a 35 años (43.1%), con hasta cinco años de trabajo en la sala de emergencias (81.6%) y trabajando en el turno nocturno (41,6%). De los riesgos, los más destacados fueron los Biologicos, como bacterias, virus, sangre y secreciones, por las tres categorías profesionales. A seguir fueran los riesgos Fisicos con lo material perforante, mala conservación del área física y ruido; los Quimicos con las drogas químicas, polvo y desinfectantes; y los Ergonómicos com la movilizacion y apoyo a los pacientes y se muever mucho por el sector. Conclusión: Los profesionales reconocen que el principal riesgo involucrado en su práctica de cuidado es biológico. Estos resultados son importantes para guiar las acciones de gestión dirigidas a acciones preventivas

Descriptores: Riesgos Laborales; Servicio de Mantenimiento e Ingeniería en Hospital; Servicios Médicos de Urgencia; Hospitales Universitarios.


Texto completo:

PDF

Referências


Mendonça KM, Tipple AFV, Souza ACS, Pereira MS, Rapparini C. Acidentes com material biológico em serviços de urgência e emergência. Ciencia y Enfermería. [Internet]. 2014 [cited 2019 Nov 6]; XX (2):65-71. Available from: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=370441816007 .

Garbaccio JL, Regis WCB, Silva RMC, Estevão WG. Occupational accidents with the nursing team involved in hospital care. Cogitare Enferm. [Internet]. 2015 jan/mar [cited 2019 Nov 6]; 20(1):145-51 145. Available from: www.saude.ufpr.br/portal/revistacogitare/v-20-n-1-2015.

Lima S, Oliveira GG, Rodrigues ARG, Sousa MNA. Acidentes ocupacionais com pérfurocortantes: estudo com profissionais de enfermagem. Revista Interdisciplinar em Saúde, Cajazeiras. [Internet]. 2015 Jan/Mar [cited 2019 Nov 7]; 2(1):26-43. Available from: https://www.interdisciplinaremsaude.com.br/Volume_3/Trabalho_03.pdf .

Cruz SP, Abellán MV. Professional burnout, stress and job satisfaction of nursing staff at a university hospital. Revista Latino-Am. Enfermagem. [Internet]. 2015 Maio/Jun [cited 2019 Nov 7]; 23(3):543-52. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0104-116920150003&lng=pt&nrm=iso

Machado M, Oliveira E, Lemos W, Lacerda W, Filho W, Wermelinger M, Vieira M, Santos M, Junior P, Justino E, Barbosa C. Mercado de trabalho da enfermagem: aspectos gerais. Enferm Foco [Internet]. 2016 [cited 2019 Nov 6];7(ed. espe.):35-53. Available from: < http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/691>.

Ximenes Neto FRG, Crispim FSP. Riscos à saúde de trabalhadores rurais no extrativismo da palha de carnaúba. Enferm Foco. [Internet]. 2019 [cited 2019 Nov 8]; 10(2)17-23: Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/2281 .

Organização Internacional do Trabalho (OIT). Programa de Actividades Sectoriales. Repertorio de recomendaciones prácticas sobre seguridad y salud em la agricultura. Ginebra (CH): Oficina Internacional del Trabajo; 2010. [Internet]. 2019 [cited 2019 Nov 8]; Available from: http://www.ilo.org/wcmsp5/groups/public/---ed_protect/---protrav/---afework/documents/normativeinstrument/wcms_112442.pdf .

Ministério do Trabalho (BR). Portaria N.º 25, de 29 de dezembro de 1994 – Aprova a Norma Regulamentadora nº 9 - Riscos Ambientais, e dá outras providências. DOU de 30/12/1994, Seção 1, páginas 21.280 a 21.282. [Internet]. 1994 [cited 2019 Nov 6]. Available from:https://www.normasbrasil.com.br/norma/portaria-25-1994_180705.html.

Ministério da Saúde (BR). Resolução Nº 466/2012, de 13 de junho de 2013 do Conselho Nacional de Saúde/MS sobre Diretrizes e Normas Regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União. 2012. [cited 2020 Apr 12]. Available from: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf .

Machado MH, Aguiar Filho W, Lacerda WF, Oliveira E, Lemos W, Wermelinger M, et al.Características gerais da Enfermagem: o perfil sócio demográfico. Enferm Foco [Internet]. 2016 [cited 2019 Dez 3]; 7(ed. espe.):9-14. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/686/296.

Trettene AS, Ferreira JAF, Mutro MEG, Tabaquim MLM, Razera APR. Estresse em profissionais de enfermagem atuantes em Unidades de Pronto Atendimento. Bol. - Acad. Paul. Psicol. [Internet]. 2016 Jul. [cited 2020 May 6]; 36(91):243-261. Available from: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-711X2016000200002&lng=pt&nrm=iso.

Jorge VC, Barreto MS, Ferrer ALM, Santos EAQ, Rickli HC, Marcon SS. Equipe de enfermagem e detecção de indicadores de agravamento em pacientes de pronto-socorro. Esc. Anna Nery [Internet]. 2012 Dec [cited 2020 May 06]; 16(4):767-774. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452012000400018&lng=en.

Machado MH. [Coordenadora]. Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil: Relatório Final. Rio de Janeiro: Nerhus-Daps-Ensp/Fiocruz; 2017. [citado 2019 Ago 10]. Available from: www.ensp.fiocruz.br/observahr/.

Silva AP, Carvalho ES, Cardim A. Trabalho noturno na vida dos enfermeiros. Revista Enfermagem Contemporânea. [Internet]. 2017 [cited 2020 May 5]; 6(2):177-185. Available from: https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/1292/1078.

Silveira M, Camponogara S, Beck CLC. As produções científicas sobre o trabalho noturno na enfermagem: uma revisão da literatura. J. res.: fundam. Care. Online. 2016;8(1):3679-90. doi:10.9789/2175-5361.2016.v8i1.3679-3690.

Ministério do Trabalho e Emprego (BR). Riscos biológicos - guia técnico: os riscos biológicos no âmbito da NR 32. Brasília (DF): MTE; 2008. [Internet]. 2008 [cited 2020 May 6]. Available from: https://www.unifesp.br/reitoria/dga/images/legislacao/biosseg/guia_tecnico_cs3.pdf.

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Área Técnica de Saúde do Trabalhador. Saúde do trabalhador. Brasília: Ministério da Saúde; 2001. 63p. : il. – (Cadernos de Atenção Básica. Programa Saúde da Família; 5). [Internet]. 2001 [cited 2020 May 6]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_trabalhador_cab5_2ed.pdf .

Ministério da Saúde (BR). Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Doenças relacionadas ao trabalho: manual de procedimentos para os serviços de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2001. [internet] 2020 [cited 2020 May 6]. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2323-saude-e-seguranca-no-trabalho

Ruas EFG, Santos LS, Barbosa LA, Belasco AGS, Bettencourt ARC. Acidentes Ocupacionais com Materiais Perfurocortantes em Hospitais de Montes Claros-MG. REME – Rev. Min. Enferm. [internet] 2012. [cited 2020 Apr 12]; 16(3): 437-443. Available from: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/547.

Sulzbacher E, Fontana RT. Concepções da equipe de enfermagem sobre a exposição a riscos físicos e químicos no ambiente hospitalar. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2013 Feb [cited 2020 May 06]; 66(1):25-30. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672013000100004&lng=en . http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672013000100004 .

Nishide VM, Benatti MCC. Riscos ocupacionais entre trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva. Rev. esc. enferm. USP. [Internet]. 2004 Dec [cited 2020 May 06]; 38(4):406-414. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342004000400006&lng=en . http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342004000400006 .

Duarte NS, Mauro MYC. Análise dos fatores de riscos ocupacionais do trabalho de enfermagem sob a ótica dos enfermeiros. Rev. bras. saúde ocup. [Internet]. 2010 June [cited 2020 May 06]; 35(121):157-167. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572010000100017&lng=en .

Monterio Jr AT. Riscos Ocupacionais e problemas de saúde associados às condições de trabalho de enfermagem em unidades intensivas hospitalares. Dissertação de Mestrado – Pós Graduação em Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – 2010. [Internet]. 2010 [cited 2020 May 5]. Available from: http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2700 .

Ministério da Saúde (BR). Ambiência. [internet] 2020 [cited 2020 May 6]. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/170_ambiencia.html .

Barbosa ASAA. Diogo GA, Salotti SRA, Silva SMUR. Subnotificação de acidente ocupacional em profissionais de Enfermagem. Rev Bras Med Trab. [Internet]. 2017 [cited 2020 May 6]; 15(1):12-7. Available from: http://www.rbmt.org.br/details/209/pt-BR/subnotificacao-de-acidente-ocupacional-com-materiais-biologicos-entre-profissionais-de-enfermagem-em-um-hospital-publico .

Moita MP, Ximenes Neto FRG, Silva RLB, Prado JÁ, Viana TB, Borges GD. Research, Society and Development. [Internet]. 2020 [cited 2020 May 6]; 9(5):e167953259. Available from: https://rsd.unifei.edu.br/index.php/rsd/article/view/3259 .

Rodrigues BC, Moreira CCC, Triana TA, Rabelo JF, Higarashi IH. Limitações e consequências na vida do trabalhador ocasionadas por doenças relacionadas ao trabalho. Rev Rene. [Internet]. 2013 [cited 2020 May 6]; 14(2):448-457. Available from: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=324027986021.

Ximenes Neto FRG, Braga FRR, Marques JPC, Moreira KB, Oliveira AVPG, Cunha MC et al. Epidemiology of RSI / WRMD in Northwest Ceará, 2009 to 2016. International Journal Of Development Research. [Internet]. 2018 [cited 2020 May 6]; 8(8):22492-22499. Available from: https://www.journalijdr.com/epidemiology-rsi-wrmd-northwest-cear%C3%A1-2009-2016.

Dejours C. O fator humano. 5. ed. 13ª reimp. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas; 2013.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n4.3835

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.