A relação entre a dependência de cuidados, risco e úlcera por pressão*

Janete de Souza Urbanetto, Maria Angélica Casa Nova dos Santos, Angeline Francines Poltozi, Ana Lúcia Comparsi Pechansky, Graziela Hax, Aline Custódio

Resumo


Estudo com objetivo de analisar a associação entre os escores de cuidados do Sistema de Classificação de Pacientes (SCP) com as classificações de risco da Escala de Braden e a ocorrência de úlcera por pressão (UP). Delineamento transversal, com 2.562 pacientes adultos hospitalizados. Foram encontradas associações significativas dos cuidados intermediários e semi-intensivos do SCP e do risco elevado/moderado da Braden com a ocorrência de UP. Conclui-se que a utilização de instrumentos de avaliação dos pacientes são ferramentas valiosas para a prevenção de UP.

Descritores: Úlcera por Pressão, Classificação, Escalas, Segurança do Paciente.

The relationship between care dependency and risk of pressure ulcers

This study aims to analyze the association between scores for the care of Patient Classification System (PCS) with the risk ratings of the Braden Scale and the occurrence of pressure ulcers (PU). Cross-sectional design, with 2562 patients hospitalized adults. Significant associations were found for intermediate care and semi-intensive SCP and the high/moderate risk Braden with the occurrence of PU. It is concluded that the use of tools for evaluating patients are valuable tools for the prevention of pressure ulcers.

Descriptors: Pressure Ulcer, Classification, Scales, Patient Safety.

La relación entre la dependencia de cuidados y el riesgo de úlceras por presión

Se trata de un estudio cuyo objetivo es examinar la asociación entre las puntuaciones para el cuidado del Sistema de Clasificación de Pacientes (SCP) con las calificaciones de riesgo de la Escala de Braden y la aparición de úlceras por presión (UPP). Diseño transversal, con 2562 pacientes adultos hospitalizados. Se encontraron asociaciones significativas para los cuidados intermedios y semi-intensivo de SCP y el alto/moderado riesgo Braden, con la ocurrencia de UP. Se concluye que el uso de herramientas para la evaluación de los pacientes son herramientas valiosas para la prevención de úlceras por presión

Descriptores: Úlcera por Presión, Clasificación, Escalas, Seguridad del Paciente.

Texto completo:

PDF

Referências


Organização Pan Americana da Saúde. Brasil Boletins Informativos da OMS para Segurança do Paciente [Internet]. Disponível em: http://new.paho.org/bra

European Pressure Ulcer Advisory Panel and National Pressure Ulcer Advisory Panel. Prevention and treatment of pressure ulcers: quick reference guide [Internet]. Disponível em: http://www.epuap.org/guidelines.html.

Bergstrom N, Braden BJ, Laguzza A, Holman V. The Braden Scale for predicting pressure sore risk. Nurs Res. 1987;36(4):205-10.

Paranhos WY, Santos VLCG. Avaliação de risco para úlceras de pressão por meio da escala de Braden, na língua portuguesa. Rev Esc Enferm USP. 1999;3(Esp):191-206.

Maklebust J, Sieggreen M. Pressure ulcer: guidelines for prevention and nursing management. Pennsylvania: Springhouse Corporation; 2000.

Perroca MG, Gaidzinski RR. Sistema de classificação de pacientes: construção e validação de um instrumento. Rev Esc Enferm USP. 1998;32(2):153-68.

Gomes FSL, Bastos MAR, Matozinhos FP, Temponi HR, Meléndez GV. Avaliação de risco para úlcera por pressão em pacientes críticos. Rev Esc Enferm USP. 2011;45(2):313-8.

Fugulin FMT, Gaidzinski RR, Kurcgant P. Sistema de classificação de pacientes: identificação do perfil assistencial dos pacientes das unidades de internação do HUUSP. Rev Latinoam Enferm. 2005;13(1):72-8.

Hammermüller A, Rabelo ER, Goldmeier S, Azzolin KO. Classificação de pacientes atendidos em unidade hemodinâmica segundo o grau de dependência dos cuidados de enfermagem. Acta Paul Enferm. 2008;21(1):72-6.

Zimmermann LP, Magnago TSBS, Urbanetto JS, Greco PBT, Viero NC, Vieira TG, Ceron MDS. Avaliação do grau de dependência de cuidados de enfermagem dos pacientes internados em pronto-socorro. Rev Enferm UFSM. 2011;1(2): 153-63.

Fernandes LM, Caliri MHL. Uso da Escala de Braden e de Glasgow para identificação do risco para úlceras de pressão em pacientes internados em centro de terapia intensiva. Rev Latinoam Enferm. 2008;16(6):973-8.

Sousa CA, Santos I, Silva LD. Aplicando recomendações da Escala de Braden e prevenindo úlceras por pressão - evidências do cuidar em enfermagem. Rev Bras Enferm. 2006;59(3):279-84.

Hans M, Bitencourt JVOV, Pinheiro F. Fatores de risco adicionais à Escala de Braden: um risco para úlceras de pressão. Enferm Foco. 2011;2(4):222-5.

Rogenski NMB, Santos VLCG. Incidence of pressure ulcers at a university hospital. Rev Latinoam Enferm. 2005;13(4):474-80.

Blanes l, Duarte IS, Calil JA, Ferreira IM. Avaliação clínica e epidemiológica das úlceras por pressão em pacientes internados no Hospital Ssão Paulo. Rev Assoc Med Bras. 2004;50(2):182-7.

Miyazaki MY, Caliri MHL, Santos CB. Conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre prevenção da úlcera por pressão. Rev Latinoam Enferm. 2010;18(6):1203-11.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2012.v3.n4.384

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.