Morbimortalidade por causas externas – acidentes e violência no município de Porto Velho, Rondônia

Maria Inês Ferreira Miranda, Rosilâine Keffer Delfino, Quéren Hapuque Carvalho, Caire Cilene Pereira Pinto, Mirlene Conceição Silva, Renata Bentes Restier, Kleverson Luna

Resumo


As violências e os acidentes por causas externas representam modernas epidemias que assolam países do mundo inteiro, inclusive o Brasil. O trabalho objetivou analisar os casos de acidentes e violências atendidos na rede de assistência à saúde no município de Porto Velho. Trata-se de uma pesquisa quantitativa retrospectiva documental, na qual foram avaliados os prontuários dos serviços da rede. A análise estatística foi realizada no programa Epi-info 3.5.1. Os resultados identificaram 1.515 casos de acidentes e violência. Desses, 1.200 (79,2%) são de acidentes e 315 (20,8%), de violência. A idade média da população foi de 27,71 anos. O estudo trouxe uma descrição do fenômeno e também revelou a fragilidade da vigilância em saúde.
Descritores: Acidentes, Violência, Serviço de Saúde e Morbimortalidade.

Morbidity and Mortality from external causes – accidents and violence in Porto Velho, Rondônia

The violence and accidents due to external causes represent modern epidemics affecting countries around the world, including Brazil. The study aimed to analyze the cases of accidents and violence identified in the public health care in the city of Porto Velho. That is a documentary quantitative and retrospective research, in which we evaluated the records of network services. Statistical analysis was performed using Epi Info 3.5.1. Results identified 1515 cases of accidents and violence. Of these 1200 (79.20%) are from accidents and 315 (20.8%), violence. The median age was 27.71 years. The study brought a description of the phenomenon and also revealed the fragility of Health Surveillance.
Descriptors: Accidents, Violence, Department of Health and Morbidity.

La morbilidad y la mortalidad por causas externas – accidentes y la violencia en Porto Velho, Rondônia

La violencia y los accidentes por causas externas representan las epidemias modernas que afectan a países de todo el mundo, incluyendo Brasil. El estudio tuvo como objetivo analizar los casos de accidentes y la violencia identificadas en el cuidado de la salud pública en la ciudad de Porto Velho.Esta es una investigación documental retrospectiva cuantitativos, en los que se evaluaron los registros de los servicios de red. El análisis estadístico se realizó con Epi Info 3.5.1. Los resultados identificaron 1.515 casos de accidentes y la violencia. De ellos 1.200 (79.20%) son por accidentes y 315 (20,8%), la violencia. La edad media fue de 27,71 años. El estudio trajo una descripción del fenómeno y también reveló la fragilidad de Vigilancia de la Salud.
Descriptores: Accidentes, Violencia, Departamento de Salud y la Morbilidad.

Texto completo:

PDF

Referências


Ministério da Saúde (BR). Programa de Redução da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito: mobilizando a sociedade e promovendo a saúde. Rev Saúde Pública. 2002;36(1):114-7.

Silva RMM, Rodrigues TDM, Pereira WSB. Os acidentes de trânsito em Porto velho: uma epidemia que afeta o desenvolvimento regional. Rev Bras Gestão Desenvolv Reg. 2009; 5(2):163-85.

Ministério da Saúde (BR). Política Nacional de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências. 2ª ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2005.

Krug. Wold report on violence and healt. Geneva: World Health Organization; 2002.

Pereira AS. Produção sobre acidentes e violência apresentada em encontros de iniciação científica. Rev Enferm. 2007;15(2):1-5.

Ceccim RB. Acreditação pedagógica na educação em saúde pública. Escola de Saúde Pública – RS. Bol Saúde. 2000;14(1): 81-98.

Wiziack J. Usinas do Madeira levam caos e riqueza a RO [Internet]. [citado em 2009 Set 10]. Disponível em: http://telmadmonteiro.blogspot.com/2009/03/usinas-do-madeira-levam-caos-e-riqueza.html.

Drezett J. Estudo de fatores relacionados com a violência sexual contra crianças, adolescentes e mulheres adultas [tese]. São Paulo: Centro de Referência da Saúde da Mulher e de Nutrição, Alimentação e Desenvolvimento Infantil; 2000.

Castro MB, Rendón LF, Rojas MC, Durán CA, Albornoz M. Caracterización de los pacientes com lesiones de causa externa mediante un sistema de vigilancia epidemiológica. Cirugía (Bogotá). 2006;21:180-9.

Gawryszewski VP, Rodrigues EMS. The burden of injury in Brazil, 2003. São Paulo Med J. 2006;124:208-13.

Almeida WP, Cardoso J. O investimento público na Amazônia como forma de fomento ao desenvolvimento regional: uma abordagem histórica a partir do primeiro ciclo da borracha. In: O papel da sociedade no desenvolvimento sustentável. Porto Velho: Iepagro; 2009.

Almeida WP. Programa de Aceleração do Crescimento – Região Norte em evidência no cenário de implantação do Programa – 2007. In: III Jornada Científica Cedsa – Desenvolvimento da Amazônia e Agronegócio Sustentável. Porto Velho: Iepagro; 2008.

Ministério do Planejamento (BR). Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Contagem populacional. Brasília: IBGE; 2000.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2010.v1.n3.40

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.