Expectativas e sentimentos de gestantes sobre o puerpério: contribuições para a enfermagem

Elayne Arantes Elias, Jhessika de Paula Pinho, Sara Ribeiro de Oliveira

Resumo


O estudo objetivou compreender sentimentos de mulheres gestantes acerca da gestação e do pós-parto no contexto individual e familiar; conhecer as expectativas de gestantes sobre o término da gestação e o momento de conviver com o filho após o seu nascimento; identificar os fatores que contribuem para o surgimento da DPP de forma precoce; investigar a presença ou a ausência de comportamentos indicativos para depressão. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório, realizada com 14 gestantes, acompanhadas numa Clínica da Família, no município de São Fidélis, RJ no período de agosto a novembro de 2019. A análise sob a ótica de conteúdo de Bardin possibilitou o caminhar do estudo. Os sentimentos expressados pelas mulheres foram de felicidade com a gravidez, com a realização de desejo de ser mãe, misturados com insegurança, dúvidas e preocupações sobre o exercício da maternidade, sobre as transformações com a chegada do filho. Espera-se que o apoio familiar diminua os sentimentos negativos em todo o processo, principalmente no puerpério, momento de muitas tarefas e dedicação ao filho. A consulta de enfermagem se mostra eficaz para a saúde mental das mulheres quanto aos esclarecimentos e à capacitação para o cuidado delas e do seu filho.

Texto completo:

PDF

Referências


Assunção CS, Rizzo ER, Santos ME, Basílio MD, Messias CM, Carvalho JB. O Enfermeiro no Pré-Natal: Expectativas de Gestantes. Rev Fund Care Online. 2019. abr/jun; 11(3):576-581. DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i3.576-581

Dias EG, Anjos GB, Alves L, Pereira SN, Campos LM. Ações do enfermeiro no pré- natal e a importância atribuída pelas gestantes. Rev Sustinere, [S.l.], v. 6, n. 1, p. 52 - 62, jul. 2018. DOI: https://doi.org/10.12957/sustinere.2018.31722

Krob AD, Godoy J, Leite KP, Mori SG. Depressão na gestação e no pós-parto e a responsividade materna nesse contexto. Rev Psicol Saúde [Internet]. 2017 Dez; 9( 3 ): 3-16. DOI: http://dx.doi.org/10.20435/pssa.v9i3.565

Rodrigues LN, Santos AS, Torquato RC, Lopes APA, Gomes PPS, Chaves EMC. Diagnósticos de enfermagem relacionados à amamentação em nutrizes acompanhadas na atenção primária à saúde. Enferm em Foco, [S.l.], v. 10, n. 6, maio 2020. DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n6.2785

FIOCRUZ. Depressão pós-parto acomete mais de 25% das mães no Brasil. [Internet]. 2016 [cited 2020 jun 13]. Avaliable from: https://portal.fiocruz.br/noticia/depressao-pos-parto-acomete-mais-de-25-das-maes-no-brasil

Tolentino EC, Maximino DAFM, Souto CGV. Depressão pós- parto: conhecimento sobre os sinais e sintomas em puérperas. Rev Ciênc Saúde Nova Esperança [Internet]. 2016 [cited 2020 jun 13]; 14(1):59-66. Avaliable from: http://www.facene.com.br/wp-content/uploads/2010/11/6.-Depress%C3%A3o-p%C3%B3s-parto_PRONTO.pdf

Fonseca MO, Tavares DMS, Rodrigues LR. Investigação dos fatores indicativos de depressão pós-parto em dois grupos de puérperas. Ciênc cuid saúde [Internet]. 2009 [cited 2020 jun 13]; 8(3): 321-328. Avaliable from: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-38612009000300004

Bardin L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Santos FM. Análise de conteúdo: a visão de Laurence Bardin. Rev Eletr de Educação, v. 6, n. 1, Maio, 2012. DOI: http://dx.doi.org/10.14244/%2519827199291

Santos KMC. Legislação sobre o aborto e seu impacto na saúde da mulher. Impacto do aborto na mulher. [Internet]. 2019 [cited 2020 jun 13]. Avaliable from: https://jus.com.br/artigos/74327/legislacao-sobre-o-aborto-e-seu-impacto-na-saude-da-mulher

Fernández-Sola C, Huankara-Kana D, Granero-Molina J, Carmona-Samper E, López Rodríguez MM, Hernández-Padilla JM. Sexuality throughout all the stages of pregnancy: Experiences of expectant mothers. Acta Paul Enferm. 2018; 31(3):305-12. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201800043

Brasil, Constituição (1986). Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986. [Internet]. 1986 [cited 2020 mar 19]. Avaliable from: http://www.cofen.gov.br/decreto-n-9440687_4173.html

Nunes JT, Gomes KRO, Rodrigues MTP, Mascarenhas MDM. Qualidade da assistência pré-natal no Brasil: revisão de artigos publicados de 2005 a 2015. Cad. Saúde Colet., 2016, Rio de Janeiro, 24 (2): 252-261. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201600020171

Acencio F, Soaigher K, Ferracini M, Cortez D.. Efeitos fisiológicos decorrentes do exercício físico no organismo materno durante a gestação. Cinergis [Internet]. 2016 [cited 2020 jun 16]; 18(1):[aprox. 3 p.]. Avaliable from: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/8143

Senado Federal. Cartilha Orientações Nutricionais da Gestação à Primeira Infância. [Internet]. 2015 [cited 2020 jun 16]. Avaliable from: http://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/509815?show=full

Fagundes DL. Avaliação da qualidade do sono em gestantes. Recife. [Internet]. 2019 [cited 2020 jun 16]; 44f.; Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Ciências da Saúde. Programa de pós-graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do comportamento. Avaliable from: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/33964/1/DISSERTACAO%20Dennys%20Lapenda%20Fagundes.pdf

Holanda SM, Castro RCMB, Aquin PS, Pinheiro AKB, Lopes LG, Martins ES. Influence of the partner’s participation in the prenatal care: satisfaction of primiparous women regarding the support in labor. Texto Contexto Enferm, 2018; 27(2):e3800016. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0104-070720180003800016

Ferreira AD, Martendal MLN, Santos CMS, Birolo IVB, Lopes R. Participação do pai no nascimento: sentimentos revelados. Revista Inova Saúde [Internet]. 2014 [cited 2020 jun 16]. Criciúma, vol. 3, n. 2, Avaliable from: http://periodicos.unesc.net/Inovasaude/article/view/1662/1670

Garcia CF, Viecili J. Implicações do retorno ao trabalho após licença-maternidade na rotina e no trabalho da mulher. Fractal: Rev de Psicol, v. 30, n. 2, p. 271-280, maio-ago. 2018. DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v30i2/5541

Tostes NA, Seidl EMF. Expectativas de gestantes sobre o parto e suas percepções acerca da preparação para o parto. Temas psicol. vol.24 n.2 Ribeirão Preto jun. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.9788/TP2016.2-15

Moura VFS, Pedrão LJ, Souza ACS, Boaventura RP. Depression among pregnant women at the end of pregnancy. SMAD, Rev Eletr Saúde Mental Álcool Drog.11(4): 234-42out.-dez. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/1806-6976/v11i4p234-42

Kliemann A, Böing E, Crepaldi MA. Fatores de risco para ansiedade e depressão na gestação: Revisão sistemática de artigos empíricos. Mudanças – Psicologia da Saúde, 25 (2), Jul.-Dez. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v25n2p69-76

Santos AS, Mazzo MHS, Brito RS. Sentimentos vivenciados por puérperas durante o pós- parto. Rev enferm UFPE on line., Recife, 9(supl. 2):858-63, fev., 2015. DOI: 10.5205/reuol.6391-62431-2-ED.0902supl201512

Felix MAS, Maia FOM, Soares RAQ. Atenção primária à saúde e educação em enfermagem no Brasil. Enferm em Foco, [S.l.], v. 10, n. 6, maio 2020. DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n6.2779




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n2.4058

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.