Rastreamento da depressão nas práticas de cuidados primários à saúde de indivíduos adoecidos de tuberculose

Teresa Cristina Ferreira da Silva, Thiago Nascimento do Prado, Paula Pinheiro Gerszt, Isadora Bianchi Daré, Carolina Maia Martins Sales, Anne Caroline Barbosa Cerqueira Vieira, Ethel Leonor Noia Macial

Resumo


Objetivo: Descrever a sintomatologia depressiva entre pessoas em tratamento da tuberculose em unidades da atenção básica em saúde. Método: Estudo descritivo, de corte transversal realizado entre agosto de 2019 e março de 2020 em municípios metropolitanos do estado do Espírito Santo. Foram coletados dados socioeconômicos, comportamentais e clínicos em entrevista, e rastreados os sintomas depressivos pelo questionário de saúde do paciente. Resultados: Da amostra de 92 pacientes, predominou o sexo masculino (67%), pretos/pardos (85%), idade média 41,5 anos, (50%) solteiros, sem concluir o ensino fundamental (43%), desempregados (63%), das classes socioeconômicas C, D e E (89%), desamparados por programa de transferência de renda (86%). Rastreados 48% (44) da amostra com sintomatologia depressiva, 81% (74) com gravidade leve a grave, predomínio do sintoma fadiga (84%), presença do humor deprimido e anedonia em 58% (53). Conclusões: A sintomatologia depressiva na população estudada apresentou frequência relevante e potencial para prejudicar a vida pessoal, social e estado de saúde das pessoas em tratamento da tuberculose. Assim, na perspectiva do Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose, o rastreamento da depressão e das suas manifestações pode expandir as ações de cuidado e prevenção centrados no paciente com tuberculose e reduzir os efeitos combinados da tuberculose e da depressão.

Descritores: Atenção primária à saúde; Questionário de saúde do paciente; Sintomas depressivos; Tuberculose.


Texto completo:

PDF

Referências


American Psychiatry Association. Diagnostic and Statistical Manual of Mental disorders - DSM-5. 5th ed. Washington: American Psychiatric Association, 2013. [acesso em 13 jul. 2020]. Disponível em: https://doi.org/10.1176/appi.books.9780890425596

Sweetland AC, Kritski A, Oquendo MA, Sublette ME, Norcini Pala A, Silva LR, et al. Addressing the tuberculosis-depression syndemic to end the tuberculosis epidemic. Int J Tuberc Lung Dis. 2017 [acesso em 15 jun 2020]: 21(8):852-61. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5759333/pdf/nihms931556.pdf.

World Health Organization. Depression and other common mental disorders: Global Health estimates. Geneva; 2017. [acesso em 13 jul. 2020]. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/254610/WHO-MSD-MER-2017.2-eng.pdf

Barros MBA, Lima MG, Azevedo RCS, Medina LBP, Lopes CS, Menezes PR, et al. Depressão e comportamentos de saúde em adultos brasileiros – PNS 2013. Rev. Saúde Publica [online]. 2017 [acesso em 15 jun 2020]:51(Supl 1):8s. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s1518-8787.2017051000084.

World Health Organization. Global Tuberculosis Report 2019. WHO/Tb, 2019 [acesso em 15 jun 2020]: 283: 7-24. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/329368/9789241565714-eng.pdf.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico, Brasília, 2020 [acesso em 15 jun 2020]: número especial, mar. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2020/boletim-epidemiologico-de-turbeculose-2020.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasil Livre da Tuberculose: Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública. Brasília: Ministério da Saúde, 2017. [acesso em 13 jul. 2020]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/brasil_livre_tuberculose_plano_nacional.pdf.

Paz EPA, Cunha CLF, Menezes EA, Santos GL, Ramalho NM, Werner RCD. Práticas avançadas em enfermagem: Rediscutindo a valorização do enfermeiro na atenção primária à saúde. Enferm. Foco [internet] 2018 [cited 2020 dez 27]: 9 (1): 41-43. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/1856/425.

Linhares SRS, Paz EPA. Tratamento da tuberculose na estratégia saúde da família: olhar do profissional. Enferm. Foco [internet] 2019 [cited 2020 dez 27]: 10(5): 179-184. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/2407/687.

Castro-Silva KM, Carvalho AC, Cavalcanti MT, Martins OS, França JR, Oquendo M, et al. Prevalence of depression among patients with presumptive pulmonary tuberculosis in Rio de Janeiro, Brazil. Braz J Psychiatry. 2019 [acesso em 11 jun 2020]: 41(4):316-23. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbp/v41n4/1516-4446-rbp-1516444620180076.pdf.

Trajman A, Saraceni V, Durovni B. Os objetivos do desenvolvimento sustentável e a tuberculose no Brasil: desafios e potencialidades. Cad. Saúde Pública. 2018 [acesso em 11 jun 2020]: 34(6):e00030318. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v34n6/1678-4464-csp-34-06-e00030318.pdf.

Weber ML, Vendruscolo C, Adamy EK, Silva CB. Melhores práticas na perspectiva de enfermeiros da rede de atenção à saúde. Enferm. Foco [internet] 2020 [cited 2020 dez 27]: 11 (3): 87 – 92. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/3130/893.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE cidades [Internet]. [cited 2020 Jun 16]. Available from: https://cidades.ibge.gov.br/.

Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) [Internet]. [cited 2020 Jun 25]. Available from: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sinannet/cnv/tuberces.def.

Santos IS, Tavares BF, Munhoz TN, Almeida LSP, Silva NTB, Tams BD, et al. Sensitivity and specificity of the Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) among adults from the general population. Cad Saude Publica, 2013 [acesso em 11 jun 2020]: 29(8):1533-43. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/256449525.

Levis B, Benedetti A, Thombs BD. Accuracy of Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) for screening to detect major depression: individual participant data meta-analysis. BMJ, 2019 [acesso em 10 jul 2020]: 365(1476):1-10. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6454318/.

Manea L, Gilbody S, McMillan D. A diagnostic meta-analysis of the Patient Health Questionnaire-9 (PHQ-9) algorithm scoring method as a screen for depression. Gen Hosp Psychiatry. 2015 [acesso em 11 jun 2020]: 37(1):67-75. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/265967470.

Instituto Nacional do Câncer. Ministério da Saúde. Programa Nacional de Controle do Tabagismo. Teste de Fargestrom [Internet]. [cited 2019 nov 23]. Available from: https://www.inca.gov.br/programa-nacional-de-controle-do-tabagismo/teste-fargestrom.

Bush K, Kivlahan DR, Mcdonell MB, Fihn SD, Bradley KA. The AUDIT alcohol consumption questions (AUDIT-C) an effective brief screening test for problem drinking. Archives of Internal Medicine. 1998 [acesso em 11 jun 2020]: 158(14):1789-95. Disponível em: https://jamanetwork.com/journals/jamainternalmedicine/fullarticle/208954.

Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Critério de classificação econômica: Brasil [Internet]. [cited 2018 Ago 20]. Available from: www.abep.org – abep@abep.org.

Kroenke K, Spitzer RL. The PHQ-9: A New Depression Diagnostic and Severity Measure. Psychiatric Annals. 2002 [acesso em 11 jun 2020]: 32(9):509-15. Disponível em: https://doi.org/10.3928/0048-5713-20020901-06.

The jamovi project. jamovi. Versão 1.1.9.0. [Computer Software]. Sydney, Australia. [Internet]. [cited 2020 Jun 01]. Available from: https://www.jamovi.org.

Stopa SR, Malta DC, Oliveira MM, Lopes CS, Menezes PR, Kinoshita RT. Prevalência do autorrelato de depressão no Brasil: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Rev bras epidemiol. 2015 [acesso em 11 jun 2020]: 18:170-80. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbepid/v18s2/1980-5497-rbepid-18-s2-00170

Salodia UP, Sethi S, Khokhar A. Depression among tuberculosis patients attending a DOTS centre in a rural area of Delhi: a cross-sectional study. Indian Journal of Public Health, Indian. 2019 [acesso em 11 jun 2020]: 63(1):39-43. Disponível em: https://www.ijph.in/temp/IndianJPublicHealth63139-536858_145445.pdf

Masumoto S, Yamamoto T, Ohkado A, Yoshimatsu S, Querri AG, Kamiya Y. Prevalence and associated factors of depressive state among pulmonary tuberculosis patients in Manila, The Philippines. Int J Tuberc Lung Dis. 2014 [acesso em 11 jun 2020]: 18(2):174-9. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24429309/.

Dasa TT, Roba AA, Weldegebreal F, Mesfin F, Asfaw A, Mitiku H, et al. Prevalence and associated factors of depression among tuberculosis patients in Eastern Ethiopia. BMC Psychiatry. 2019 [acesso em 11 jun 2020]: 19(82):1-7. Disponível em: https://bmcpsychiatry.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12888-019-2042-6.

Kehbila J, Ekabe CJ, Aminde LN, Noubiap JJN, Fon PN, Monekosso GL. Prevalence and correlates of depressive symptoms in adult patients with pulmonary tuberculosis in the Southwest Region of Cameroon. Infect Dis Poverty. 2016 [acesso em 11 jun 2020]: 5(51):1-8. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/303291473.

Shyamala, K. K.; Naveen, R. S.; Khatri, B. Depression: a neglected comorbidity in patients with tuberculosis. Journal of The Association of Physicians of India, 2018 [acesso em 11 jul 2020]: dec;66(12):18-21. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31313544/.

Zhang K, Wang X, Tu J, Rong H, Werz O, Chen X. The interplay between depression and tuberculosis. J Leukoc Biol. 2019 [acesso em 16 ago 2020]: 106(3):1–9. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/334109395.

Rabahi MF, Silva Júnior JLR, Ferreira ACG, Tannus-Silva DGS, Conde MB. Tratamento da tuberculose. J. Bras. Pneumol. 2017 [acesso em 16 ago 2020]: 43(5):472-86. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/jbpneu/v43n6/pt_1806-3713-jbpneu-43-06-00472.pdf

Smolen JR, Araújo EM. Raça/cor da pele e transtornos mentais no Brasil: uma revisão sistemática. Ciênc. saúde coletiva. 2017 [acesso em 16 jul 2020]: 22(12):4021-30. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v22n12/1413-8123-csc-22-12-4021.pdf

World Health Organization. Depression: Key facts. [Internet]. 2018 [cited 2019 nov 18]. Available from: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/depression.

Reis-Santos B, Pellacani-Posses I, Macedo LR, Golub JE, Riley LW, Maciel EL. Directly observed therapy of tuberculosis in Brazil: associated determinants and impact on treatment outcome. Int J Tuberc Lung Dis. 2015 [acesso em 16 ago 2020]: 19(10):1188-93. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/283202073.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n4.4468

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.