Construção de cartilha educativa para orientações no cuidado na doença do enxerto contra o hospedeiro

Arieli Cancelier Niero, Jessica Alline Pereira Rodrigues, Simone Martins Nascimento Piubello

Resumo


Objetivo: Construir uma cartilha educativa para orientações no cuidado na Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro em pacientes submetidos ao Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas. Método: Pesquisa metodológica, dividida em três etapas. Na primeira, realizou-se revisão integrativa da literatura, na segunda etapa foram levantadas em manuais e websites especializados as orientações de cuidados realizadas a pacientes em pós-transplante, e na terceira etapa, através de entrevista semiestruturada foram identificados cuidados de enfermagem orientados por profissionais experts, atuantes em Serviço de Transplante de Medula Óssea. Após essas etapas e unificação dos cuidados, foi construída a cartilha educativa, com auxílio do programa Canva e suporte de profissional de marketing. Resultados: A cartilha utiliza de recursos visuais e é composta por orientações organizadas conforme o órgão acometido pela complicação, como pele, trato gastrointestinal, pulmão, boca, olho, entre outros. Como cuidados para a pele cita-se: evitar exposição ao sol; uso diário de protetor solar; uso de roupas de algodão e manga longa; atenção ao aparecimento de prurido corporal.  Conclusão: A integração de evidências encontradas na literatura, informações de sites renomados e experiência de enfermeiros especialistas permitiu produzir um material de suporte às orientações para o cuidado, realizadas por enfermeiros, corroborando o processo de educação em saúde.

Descritores: Transplante de células-tronco hematopoiéticas; Cuidados de enfermagem; Doença enxerto-hospedeiro; Pesquisa metodológica em enfermagem; Educação em saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

Marques ACB, Szczepanik AP, Machado CAMs, Santos PND, Guimarães PRB, Kalinke LP. Hematopoietic stem cell transplantation and quality of life during the first year of treatment. Rev. Latino-Am. Enfermagem. [Internet]. 2018; 26: e3065. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.2474.3065.

Zombrilli AF, Leopoldo VC, Oliveira MC, Oliveira MFC, Dolci ME, Braga FTMM et al . Virtual learning object in hematopoietic stem cell transplantation for autoimmune diseases. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2019 Ago [cited 2021 Fev 10] ; 72( 4 ): 994-1000. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0669.

Proença SFFS, Machado CM, Coelho RCFP, Sarquis LMM, Guimarães PRB, Kalinke LP. Quality of life of patients with graft-versus-host disease (GvHD) post-hematopoietic stem cell transplantation. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2016 [cited 2021 Feb 10] ; 50( 6 ): 953-960. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/s0080-623420160000700011.

Funke, VAM, Moreira MCR, Vigorito AC. Acute and chronic Graft-versus-host disease after hematopoietic stem cell transplantation. Rev. Assoc. Med. [Internet]. 2016 [cited 2021 Feb 10]; 62 (1). Available from: https://doi.org/10.1590/1806-9282.62.suppl1.44.

Pasquini R, Coutinho E. Fundamentos e biologia do transplante de células-tronco hematopoiéticas. In: Zago MA, Falcão RP, Pasquini R. Tratado de hematologia. São Paulo: Atheneu; 2013. p. 711-29.

Blazar BR, Murphy WJ, Abedi M. Advances in graft-versus-host disease biology and therapy. Nature Reviews Immunology. [Internet]. 2012; 12(6):443-458. Available from: https://doi.org/10.1038/nri3212.

Pereira LA, Ramos AM, Schallenberger CD, Vaz MC, Barlem ELD. Liderança em enfermagem: Abordagem ecossistêmica com impacto no cuidado Enferm. Foco [Internet] 2018; 9 (3): 66-70. Available from: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2018.v9.n3

Polit DF, Beck CT. Delineamento de Pesquisa em Enfermagem. Fundamentos de pesquisa em enfermagem: Avaliação de evidências para prática de enfermagem, Artmed (2011), Porto Alegre, 247-368.

Whittemore R, Knafl K. The integrative review: updated methodology. Journal of Advanced Nursing. [Internet]. 2005; 52(5):546-53. Available from: https://doi.org/10.1111/j.1365-2648.2005.03621.x.

Nascimento JWA, Junior MLF, Jesus SB. Construção e validação de um manual de detecção do pé diabético para atenção primária. Enferm. Foco. [Internet]. 2019; 10 (6): 85-91. Available from: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n6

Rodrigues JAP, Lacerda MR, Gomes IM, Paes MR, Ribeiro RP, Mercês NNA. Research contributions to nursing care in pediatric hematopoietic stem cell transplantation. Rev. cuidado é fundamental Online. [Internet]. 2018; 10: (4) 964-970. Available from: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i4.964-970.

Pereira AZ, Vigorito AC, Almeida AM, Candolo AA, Silva ACL, Brandão-Anjos AEP, Sá BL, et al. Consenso Nutricional Brasileiro no Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas: Doença do enxerto contra o hospedeiro. [Internet]. 2020; 18: eAE4799. Available from: https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2020AE4799

Harris AC, Young R, Devine S, Hogan WJ, Ayuk F, Bunworasate U, et al. International, Multicenter Standardization of Acute Graft-versus-Host Disease Clinical Data Collection: A Report from the Mount Sinai Acute GVHD International Consortium. Biol Blood Marrow Transplant. [Internet]. 2016; 22(1):4-10. Available from: https://doi.org/10.1016/j.bbmt.2015.09.001.

Azevedo W. Acute graft-versus-host disease. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. [Internet]. 2010; 32 (suppl1) 16-21. Available from: https://doi.org/10.1590/S1516-84842010005000060.

Salomao M, Dorritie K, Mapara MY, Sepulveda A. Histopathology of Graft-vs-Host Disease of Gastrointestinal Tract and Liver: An Update. American Journal of Clinical Pathology. [Internet]. 2016; 145(5). Available from: https://doi.org/10.1093/ajcp/aqw050.

Brasil. Ministério da Saúde. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Imunossupressão pós transplante de Medula Óssea. Brasília. [Internet]. 2016. Avaliable from: http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2016/PCDT_Imunossupressao_TransplanteMedulaOssea_CP2016.pdf.

Silva IC, Campos NG, Vinhote JFC, Florêncio ACL, Marizeiro DF, Braga DK, et al. Physioterapy performance in boné marrow transplant recipientes: Systematic review os the literature. Journal Of Health & Biological Sciences. [Internet]. 2017; 5(4). Avaliable from: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v5i4.1207.p371-377.2017.

Tung, CL. Abordagens atuais para o tratamento da doença enxerto-versus-hospedeiro ocular, Clínicas Oftalmológicas Internacionais: Primavera de 2017 - Volume 57 - Edição 2 - p 65-88 doi: 10.1097 / IIO.0000000000000167.

Abud TB, Zazzo AD, Oliveira LAde, Sousa LBde. Graft-versus-Host Disease: Review. Rev. Bras.oftalmol. [Internet]. 2019; 78(1); 65-70. Available from: https://doi.org/10.5935/0034-7280.20190016

Alencar FSL, Soares AC, Antunes HS. Treatment of oral manifestations of chronic graft versus host disease: systematic literature review. Rev. Bras. Odontol. [Internet]. 2016; 73(2). Avaliable from: http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72722016000200015

Vaillant AAJ, Modi P, Mohammadi O. Graft Versus Host Disease. [Atualizado em 13 de outubro de 2020]. In: StatPearls [Internet]. 2020. Avaliable from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK538235/

Van Dam N, Zelker R, Radiano R, Kadmon I, Bogorochin B, Frank-Kamenetsky Y. Vulvar and Vaginal Graft versus Host Disease: A Healthcare Clinic Initiative. Asia Pac J Oncol Nurs. [Internet]. 2017. 4(2):116-119. Avaliable from: https://doi: 10.4103/apjon.apjon_6_17. PMID: 28503642; PMCID: PMC5412147




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2021.v12.n4.4553

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.