Encaminhamento do paciente crítico para UTI por decisão judicial: situações vivenciadas pelos enfermeiros

Alessandra Ceci dos Santos, Mara Ambrosina de Oliveira Vargas, Nadir Schneider

Resumo


Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva que busca explicar as situações vivenciadas pelos enfermeiros relacionadas ao encaminhamento de paciente para internação na UTI por decisão judicial. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Unisinos. Verifica-se que os enfermeiros, em sua maioria, estão assumindo seu papel com cidadania e orientando os familiares a procurar ajuda junto ao Ministério Público, a fim de viabilizar ao paciente grave um leito de UTI.
Descritores: Assistência à Saúde, Internação Hospitalar, Unidade de Terapia Intensiva, Ética.

Referral of critical patient to ICU by judicial decision: situations experienced by nurses

That is qualitative, exploratory and descriptive research that aims to describe the situations experienced by nurses involved in the referring of a patient to the ICU by judicial decision. That is a project approved by Unisimos’ ethics and research committee. It is verified that most of nurses are assuming their role as citizens; they are guiding families to seek support, and seek support in prosecutor aiming to become available an ICU bed.
Descriptors: Health Support, Hospitalization, Intensive Care Unit, Ethics.

Encaminando el paciente critico para la UTI por decisión judicial: situaciones vivenciadas por los enfermeros

Se trata de una investigación exploratória, cualitativa y descriptiva con el objetivo de describir lãs situaciones vivenciadas por los enfermeros(as) relacionadas al encaminamiento del paciente para hospitalización en UCI por la decisón judicial. Se trata de um proyecto aprovado por el comitê de ética e investigación de la Unisinos. Parece que los enfermeros, en su mayoría, están haciendo su parte a la ciudadanía, están impulsando a las familias a buscar ayuda, buscar la ayuda del fiscal a fin de hacer posible, al paciente critico, una cama en la UCI.
Descriptores: Asisténcia a la Salud, Hospitalización, Unidad de Cuidados Intensivos, La Ética.

Texto completo:

PDF

Referências


Leite MA, Villa VCS. Dificuldades vivenciadas pela equipe multi na unidade de terapia intensiva. Rev Latinoam Enferm. 2005;13(2):145-50.

Constituição da República Federativa do Brasil: Constituição 1988. 21ª ed. São Paulo: Saraiva; 1998.

Evangelista PA, Barreto SM, Guerra HL. Central de regulação de leitos do SUS em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil: avaliação de seu papel estudo das internações por doenças isquêmicas do coração. Cad Saúde Pública. 2008;24(4):767-76.

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (BR). Regulação em Saúde. Brasília: Conass; 2007.

Santos JB. “Vaga zero em caso de emergência”. Folha Universal. 2009 Jun 28:8-11.

Serviço Médico de Atendimento de Urgência. Transferência Inter-hospitalar de pacientes graves [Internet]. [citado em 2010 Mai 25]. Disponível em: http://www.samu.saude.gov.rs

Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 8a ed. São Paulo: Hucitec; 2004.

Dallari SG. Ética sanitária. In: Aranha MI, Tojal SBB, organizadores. Curso de Especialização a Distância em Direito Sanitário para Membros do Ministério Público e da Magistratura Federal. Brasília: Faculdade de Direito da UnB, Ministério da Saúde; 2001. p. 119-40.

Vargas MAO, Ramos FRS. Responsabilidade no cuidar: ou do tempo que nos toca viver como enfermeiros/as intensivistas. Rev Esc Enferm USP. 2010 Reeusp-721.(no prelo).

Ribeiro EDC. Saúde como um direito: as inter-relações da auditoria em saúde como Ministério Público na garantia da integralidade da atenção [dissertação]. Fortaleza:Universidade Estadual do Ceará; 2005.

Thomaz RR, Lima FV. Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar na cidade de São Paulo. Acta Paul Enferm. 2000;13(3):59-65.

Associação de Medicina Intensiva Brasileira. Censo divulga realidade das UTI brasileiras [Internet]. [citado em 2010 Mai 20]. Disponível em: http://noticias.r7.com/saude/noticia/censo.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2010.v1.n3.47

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.