Ações e serviços oferecidos aos idosos atendidos pela atenção primária no município de Campina Grande – PB

Dênya Alves dos Santos, Ana Carolina Lyra de Albuquerque

Resumo


Resumo: Objetivou-se identificar que serviços as Unidades Básicas de Saúde da Família ofereciam aos idosos e qual o perfil dos profissionais em Campina Grande-PB, tendo como método de coleta a entrevista. Obtivemos um perfil sociodemográfico dos profissionais de acordo com o gênero: 88% feminino, 12% masculino; como estratégia mais utilizada por esses profissionais, observou-se a utilização de ações em grupo em 76% da amostra, porém, a caderneta do idoso era utilizada em apenas 12% dos casos. Entende-se que a criação de programas voltados à terceira idade auxilia no processo de envelhecimento, pois oferece uma melhor qualidade de vida aos pacientes.

Descritores: Idoso, Atenção Primária à Saúde, Envelhecimento.

Actions and services offered to elderly people attended by primary attention Campina Grande-PB

Abstract: This study aimed to identify what services the family health basic units offered to the aged and which the profile of professionals in Campina Grande-PB, having as method of collecting the interview. Have a demographic profile of professionals according to the genre: 88% female, 12% male; like most strategy used by these professionals, the use of group actions in 76% of the sample, however, the aged Carnet was used in only 12% of cases. Understood that the creation of programs for seniors helps in the aging process, because it provides a better quality of life for patients.

Descriptors: Aged, Primary Health Care, Aging .

Acciones y servicios ofrecidos a las personas mayores por la atención primaria de salud en la ciudad de Campina Grande-PB

Resumen: El objetivo de la investigatión es identificar qué servicios de la salud de la familia en atención primaria ofrecidas a los ancianos y que el perfil de los profesionales en Campina Grande-PB, teniendo como un método de recogida de la entrevista. Tenemos un perfil demográfico de los profesionales según el género: femenino de 88%, 12% hombres; como la estrategia más utilizada por estos profesionales, el uso de las acciones de grupo en el 76% de la muestra, sin embargo, el cuaderno de anciano fue usado en sólo el 12% de los casos. Se entiende que la creación de programas para personas mayores ayuda en el proceso de envejecimiento, porque proporciona una mejor calidad de vida para los pacientes.

Descriptores: Anciano, Atención Primaria de Salud, Envejecimiento.

Texto completo:

PDF

Referências


Smeltzer SC, Bare BG. Brunner & Suddarth tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 9. ed, v 4. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002.

Benjamim C. 10 anos de premiação, Luis Inácio Lula da Silva, o brasileiro do ano 2009. ISTOÉ. 2009; ( 2091).

Veras R. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios, inovações. Rev. Saúde Pública. 2009; 43(3):548-554.

Ministério da Saúde Estatuto do Idoso. 2. ed. Legislação de Saúde Brasília. 2008.

Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde. Redes estaduais de atenção à saúde do idoso guia operacional e portarias relacionadas Série A. Normas e Manuais Técnicos Brasília. 2002.

Cotta RMM. Organização do trabalho e perfil dos profissionais do Programa de Saúde da Família: um desafio na reestruturação da atenção básica em saúde. Epidemiologia e serviços de saúde. 2006;15(3): 07-18.

Souza ENL, Lago SB. Educação para a saúde na terceira idade: relato de experiência. Estud. Interdiscip. Envelhec. Porto Alegre. 2002; 4: 125-133.

Stringheta PC, Oliveira TT, Gomes RC, Amaral MPH, Carvalho AF, Vilela MAP. Políticas de saúde e alegações de propriedades funcionais e de saúde para alimentos no Brasil. Rev. Bras. Cienc. Farm. 2007;43(2): 181-194.

Moretti AC, Almeida V, Westphal MF, Bogus CM. Práticas corporais/atividade física e políticas públicas de promoção da saúde. Saude soc. 2009;18(2):346-354.

Bittar TO . O Sistema de Informação da Atenção Básica como ferramenta. RFO. 2009;14(1): 77-81.

Cerchiari GSF, Erdmann RH. Sistema de informações para acompanhamento, controle e auditoria em saúde pública. Rev. Adm. Pública. 2008;42(5): 925-948.

Takemoto MLS, Silva EM. Acolhimento e transformações no processo de trabalho de enfermagem em unidades básicas de saúde de Campinas, São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública. 2007;23(2): 331-340.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa: manual de preenchimento/ MS; 2006.

Nicoletto SCF . Polos de educação permanente em saúde: uma análise da vivência dos atores sociais no norte do Paraná. Interface(Botucatu) 2009;13(30): 209-219.

Brito FC, Ramos LR. Serviços de Atenção à Saúde do Idoso. In:Gerontologia _ A velhice e o envelhecimento em visão globalizada. Matheus Papaléo Netto. São Paulo: Atheneu; 2002.

Geronutti da, Molina AC, Lima SAM. Vacinação de idosos contra a influenza em um centro de saúde escola do interior do estado de São Paulo. Texto contexto enferm. 2008; 17(2) 336-341.

Ramos M. Os sintomas depressivos e as relações sociais na terceira idade. Rev. Dep. Psicol.,UFF . 2007; 19(2) 397-410.

Motta LB. Treinamento interdisciplinar em Saúde do Idoso: um modelo de programa adequado às especificidades do envelhecimento. / Luciana Branco da Motta. Rio de Janeiro: CRDE/UnATI UERJ; 2005.

Fratini JRG, Saupe R, Massaroli A. Referência e contra referência: contribuição para integralidade da saúde. Cienc. Cuid. Saúde. 2008; 7(1):65-72.

Martins JJ et al. Necessidades de educação em saúde dos cuidadores de pessoas idosas no domicílio. Texto contexto, enferm. 2007;16(2) 254-262.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2013.v4.n3/4.536

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.