Diagnósticos de enfermagem de alcoolistas internados em uma unidade de saúde

Mirella Carneiro Galvão, Maria Angélica Bezerra dos Santos, Marcos Venícios de Oliveira Lopes, Jaqueline Galdino Albuquerque Perrelli, Suzana de Oliveira Mangueira

Resumo


Resumo: Pesquisa descritiva, quantitativa, com a finalidade de identificar diagnósticos de enfermagem e a congruência de sua escrita em relação à NANDA Internacional e correlacioná-los com as necessidades humanas básicas. A partir dos prontuários de 131 alcoolistas internados em uma unidade hospitalar, verificou-se a presença de 72 diagnósticos distintos. O mais frequente foi “Risco de quedas” (12,2%). As necessidades psicobiológicas foram as mais afetadas. Evidenciou-se a falta de registro de diagnósticos em 22,1% dos prontuários, bem como o descompasso de registros com a taxonomia, o que indica a necessidade de capacitação e de educação continuada dos enfermeiros do serviço.

Descritores: Alcoolismo; Processos de Enfermagem; Diagnóstico de Enfermagem.

Nursing diagnoses of alcoholics admitted in a health unit.

Abstract: Descriptive and quantitative research in order to identify nursing diagnoses and the congruence of his writing in relation to NANDA International and to correlate them with basic human needs. From medical records of 131 alcoholic admitted to hospitals, we verified the presence of 72 distinct diagnoses. The most common was “risk for falls” (12.2. The physiological needs were most affected. We observe a lack of registration of diagnoses in 22.1% of records, as well as the mismatch of records with the taxonomy of NANDA-I, which indicates the need for training and continuing education of nurses.

Descriptors: Alcoholism; Nursing Process; Nursing Diagnosis.

Diagnósticos de enfermería de alcohólicos ingresados en una unidad de salud

Resumen: Investigación descriptiva y cuantitativa a fin de identificar diagnósticos de enfermería y la congruencia de sus escritos en relación a la NANDA Internacional y correlacionarlos con las necesidades humanas básicas. A partir de los registros médicos de 131 alcohólicos ingresados en hospitales, se verificó la presencia de 72 diagnósticos distintos. El más común fue “riesgo de caídas” (12,2%). Las necesidades fisiológicas son los más afectados. Se evidenció la falta de registro de diagnósticos en un 22,1% de los registros, bien como la falta de coincidencia de registros con la taxonomía de la NANDA-I, lo que indica la necesidad de capacitación y educación continua de los enfermeros de la institución.

Descriptores: Alcoholismo; Procesos de Enfermería; Diagnóstico de Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências


Vargas D. Versão reduzida da escala de atitudes frente ao álcool, alcoolismo e ao alcoolista: resultados preliminares. Rev Esc Enferm USP. 2011;45(4): 918-25.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Plano emergencial de ampliação do acesso ao tratamento e prevenção em álcool e outras drogas. Brasília; 2009.

Horta WA. Processo de enfermagem. Rio de Janeiro: Guanabara Kooga; 2011.

Pokorski S, Moraes MA, Chiarelli R, Costanzi AP, Rabelos ER. Processo de enfermagem: da literatura à prática. O quê de fato nós estamos fazendo? Rev Latino-Am Enfermagem. 2009;17(3):302-7.

Castilho NC, Ribeiro PC, Chirelli MQ. A implementação da sistematização da assistência de enfermagem no serviço de saúde hospitalar do Brasil. Texto Contexto Enferm. 2009;18(2):280-9.

Mangueira SO, Lima JTS, Costa SLA, Nóbrega MML, Lopes MVO. Implantação da sistematização da assistência de enfermagem: opinião de uma equipe de enfermagem hospitalar. Enferm. foco. 2012;3(3):135-8.

Barros ALBL, Lopes JL. A legalização e a sistematização da assistência de enfermagem. Enferm Foco. 2010;1(2):63-5.

Herdman TH (Ed). Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação 2012-2014. Porto Alegre: Artmed; 2013.

Chaves ECL, Carvalho EC, Hass VJ. Validação do diagnóstico de enfermagem Angústia Espiritual: análise por especialistas. Acta Paul Enferm. 2010;23(2):264-70.

Silva EGC, Oliveira VC, Neves GBC, Guimarães TMR. O conhecimento do enfermeiro sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem: da teoria à prática. Rev Esc Enferm USP. 2011;45(6):1380-6.

Franco MTG, Akemi EN, D Inocento M. Avaliação dos registros de enfermeiros em prontuários de pacientes internados em unidade de clínica médica. Acta Paul Enferm. 2012;25(2):163-70.

Schmidt PMS, Giordani AM, Rossi AG, Cóser PL. Avaliação do equilíbrio em alcoólicos. Rev Bras Otorrinolaringol. 2010;76(2):148-55.

Maio R, Dichi JB, Burini RC. Implicações do alcoolismo e da doença hepática crônica sobre o metabolismo de micronutrientes. Arq Gastroenterol. 2010;37(2):120-4.

Catelan A, Guedes APA, Santos PH. Erosão dental e suas implicações sobre a saúde bucal. RFO UPF. 2010;15(1):83-6.

Chagas M. Hildebrandt LM, Leite MT, Stumm EMF, Vianna RM. O alcoolismo e o grupo de alcoólicos anônimos: o conhecimento de alcoolistas. Cad Bras Saúde Mental. 2010;2(4-5):190-212.

Souza RS, Siqueira MM. O processo de enfermagem na assistência a pacientes com dependência de álcool. J Bras Psiquiatr. 2005;54(3):228-33.

Paganin A, Menegat P, Klafke T, Lazzarotto A, Fachinelli TS, Chaves IC, et al. Implantação do diagnóstico de enfermagem em unidade de terapia intensiva: uma análise periódica. Rev Gaúcha Enferm. 2010;31(2):307-13.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2013.v4.n3/4.539

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.