CURRÍCULO INTEGRADO NO ENSINO SUPERIOR EM ENFERMAGEM: O QUE DIZEM OS ENFERMEIROS DOCENTES

Elaine Cristina Dias Franco, Amanda Nathale Soares, Maria Flávia Gazzinelli Bethony

Resumo


Objetivo: estudo que buscou identificar como se configura o conceito de currículo integrado nos discursos de enfermeiros docentes de graduação em Enfermagem. Metodologia: estudo de caso em que foram realizadas entrevistas com sete docentes e os dados foram analisados pela técnica da análise de discurso. Resultados: o conceito de currículo integrado relacionou-se as diferenças entre os currículos tradicional e integrado, à organização em espiral dos conteúdos, à integração ensino-serviço e à sua relação com o trabalho no Sistema Único de Saúde. Conclusões: há uma contribuição para a ampliação das discussões sobre o currículo integrado e as suas potencialidades para a formação do enfermeiro.

Descritores: Enfermagem, Ensino superior, Currículo.

THE INTEGRATED CURRICULUM IN HIGHER EDUCATION IN NURSING: WHAT THEY SAY TEACHERS NURSES

Objective: the study that aimed to identify the configuration of the concept of integrated curriculum in the speeches nurses of undergraduate nursing faculty. Methodology: case study whose interviews were conducted with seven teachers and the data were analyzed by the technique of discourse analysis. Results: the concept of integrated curriculum related to the differences between traditional and integrated curricula, the organization spiral of the contents, the teaching-service integration and its relation to the work in the National Health System. Conclusions: there is a contribution to the expansion of the discussions on the integrated curriculum and its potential for the formation of the nurse.

Descriptors: Nursing, Higher education, Curriculum.

EL PLAN DE ESTUDIOS INTEGRADO EN LA EDUCACIÓN SUPERIOR EN ENFERMERÍA: LO QUE DICEN LOS MAESTROS ENFERMERAS

Objetivo: estudio que trató de identificar la configuración del concepto de currículo integrado en los discursos de los profesores de enfermería. Metodologia: estudio de caso em que se entrevistó a siete maestros y los datos fueron analizados por la análisis del discurso. Resultados: el concepto de plan de estudios integrado en relación con las diferencias entre los planes de estudios tradicionales e integrada, la espiral organización de los contenidos, la integración docencia-servicio y su relación con el Sistema Nacional de Salud. Conclusións: hay una contribución a la expansión de las discusiones en el plan de estudios integrado y su potencial para la formación de los enfermeras.

Descriptores: Enfermería, Enseñanza Superior, Plan de Estudios.

Texto completo:

PDF

Referências


Pires AS, Souza NVDO, Penna LHG, Tavares KFA, D’Oliveira CAFB, Almeida CM. A formação de enfermagem na graduação: uma revisão integrativa da literatura. Rev enferm UERJ. 2014; 22(5):705-11.

Silva MF, Miranda SE, Freitas CL. Formação em enfermagem: interface entre as diretrizes curriculares e os conteúdos de atenção básica. Rev. Bras. Enferm. 2011; 64(2): 315-21.

Soriano ECI, Peres CRFB, Marin MJS, Tonhom SFR. Os cursos de enfermagem frente às diretrizes curriculares nacionais: revisão integrativa. Rev enferm UFPE on line, Recife. 2015; 9(Supl. 3):7702-9.

Brasil. Resolução CNE/CES nº 03 de 07 de Novembro de 2001: Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Diário Oficial da União, Brasília (DF). 2001.

Fernandes JD, Rebouças LC. Uma década de Diretrizes Curriculares Nacionais para a Graduação em Enfermagem: avanços e desafios. Rev. Bras. Enferm. 2013; 66(n.spe): 95-101.

Teixeira E, Fernandes JD, Andrade AC, Silva KL, Rocha MEMO, Lima RJO. Panorama dos cursos de Graduação em Enfermagem no Brasil na década das Diretrizes Curriculares Nacionais. Rev Bras Enferm. 2013;66(esp):102- 10.

Oliveira IC, Cutolo LRA. Percepção dos Alunos dos Cursos de Graduação na Saúde sobre Integralidade.Rev. Bras. Educ. Med. 2015; 39(2): 208-17.

Fernandes JD, Silva RM, Teixeira GA, Florêncio RMS, Silva LS, Rebouças LCC. Aderência de cursos de graduação em enfermagem às Diretrizes Curriculares Nacionais na perspectiva do Sistema Único de Saúde. Esc. Anna Nery 2013; 17 (1):82-98.

Garanhani ML, Vannuchi MTO, Pinto AC, Simões TR, Guariente MHDM. Integrated Nursing Curriculum in Brazil: A 13-Year Experience. C.E. 2013; 4(12):66-74.

Albuquerque VS, Batista RS, Tanji, Suzelaine, & Moço, Edneia Tayt-Sohn Martuchelli. Currículos disciplinares na área de saúde: ensaio sobre saber e poder. Interface - Comunic., Saude, Educ. 2009; 13(31): 261-272.

Ide CAC, Arantes SL, Mendonça MK, Silva VR, Del Corona ARP. Avaliação da implantação do currículo integrado no programa de graduação em enfermagem. Acta Paul Enferm. 2014; 27(4):340-7.

Kikuchi E M, Guariente MHD. Currículo integrado: a experiência do curso de enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Londrina: UEL, 2014.

Bagnato MH. Recontextualização curricular no ensino de enfermagem. Currículo sem Fronteiras. 2012;12(3):173-89.

Deleuze G, Guattari F. O que é filosofia? Rio de Janeiro: Ed 34; 2010.

Yin RK. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman; 2010.

Fairclough, N. Discurso e Mudança Social. Brasília: Universidade de Brasília; 2001.

, Brehmer LCF, Ramos FRS. Integração ensino-serviço: implicações e papéis em vivências de Cursos de Graduação em Enfermagem. Rev Esc Enferm .2014; 48(1):119-26

Vasconcelos ACF, Stedefeldt E, Frutuoso MFP. An experience of teaching-service integration and change of professional practices: healthcare professionals speak out. Interface. 2016; 20(56):147-58.

Vieira JE, Tomausauskas MRG. Avaliação das resistências de docentes a propostas de renovações em currículos de graduação em medicina. Rev. Bras. Educ. Med. 2013; 37(1): 32-8.

Kloh D, Reibnitz KS, Boehs AE, Wosny AM, Lima MM. Princípio da integralidade do cuidado nos projetos político-pedagógicos dos cursos de Enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2014; 22(4): 693-700.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n1.662

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.