PERFIL DE PESSOAS ESTOMIZADAS DE UMA REGIÃO DE SAÚDE MINEIRA

Juliano Teixeira Moraes, Raquel Silva Assunção, Francisco dos Santos de Sá, Eduardo Ribeiro Lessa, Leoni dos Santos Corrêa

Resumo


Objetivo: descrever o perfil epidemiológico das pessoas estomizadas de uma região de saúde do estado de Minas Gerais. Metodologia: estudo descritivo, transversal, realizado de agosto a novembro de 2014, no Serviço de Atenção à Saúde da Pessoa Ostomizada de nível II do município de Divinópolis. Os dados foram colhidos mediante análise dos prontuários utilizados para cadastro e acompanhamento dessas pessoas no serviço de saúde e submetidos à análise descritiva. Resultados: analisados 185 prontuários de pessoas estomizadas, identificou-se a predominância de homens, casados, idosos, com baixo grau de instrução e com renda inferior a dois salários mínimos; estomias do tipo colostomias decorrentes do câncer de colo e reto. Conclusão: esse trabalho possibilitou ampliar o conhecimento da população de estomizados, podendo auxiliar o profissional de saúde, em especial o enfermeiro, a planejar a assistência do serviço de referência.

Descritores: Estomias; Perfil de saúde; Serviços de saúde.

OSTOMIZED PROFILE OF A HEALTH REGION OF MINAS GERAIS STATE, BRAZIL

Objective: to describe the epidemiological profile of stomized people in a health region of Minas Gerais. Methodology: descriptive, crosssectional study conducted from August to November 2014, the Care Health Service to the Stomized People level II of the municipality of the Divinópolis city. Data were collected by analyzing the records used for registration and monitoring of these people in the health service and submitted to descriptive analysis. Results: the study included 185 records of stomized people identified the predominance of men, married, older, low level of education and income less than two minimum salary; of the ostomy kind of colostomy resultin from the colon and rectum cancer. Conclusion: this work made it possible to expand the knowledge about the ostomy population and may aid health professionals, especially nurses, to plan the assistance of the reference service.

Descriptors: Ostomy; Health profile; Health service;

PERFIL DE LAS PERSONAS CON ESTOMÍA EN UNA REGIÓN SANITARIA DEL MINAS GERAIS, BRAZIL

Objetivo: describir el perfil epidemiológico de las personas estomizadas en una región sanitaria de Minas Gerais. Metodología: estudio descriptivo, transversal, realizado entre agosto y noviembre de 2014, el Servicio de Salud de Atención del Personas Estomizadas nivel II del municipio de la ciudad de Divinópolis. Los datos fueron recolectados mediante el análisis de los registros utilizados para el registro y seguimiento de estas personas en el servicio de salud y sometidos a análisis descriptivo. Resultados: el estudio incluyó 185 registros de personas identificadas estomizadas el predominio de los hombres, casados, más viejo, bajo nivel de educación e ingresos de menos de dos salarios mínimos; del colostomìa resultin del cáncer de colon y el recto. Conclusión: este trabajo ha permitido ampliar el conocimiento sobre la población de ostomia, puedendo ayudar a los profesionales de la salud, sobre todo enfermeras, para planificar la asistencia del servicio de referencia.

Descriptores: Estomía; Perfil de salud; Servicios de salud;

Texto completo:

PDF

Referências


Fernandes RM, Borges EL, Donoso MTV. Perfil da clientela estomizada residente no município de Ponte Nova, Minas Gerais. Rev bras. coloproctol. 2011 [citado em 2016 abr 22]; 30(4): 385-392. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-98802010000400001&lng=en.

Recalla S1, English K, Nazarali R, Mayo S, Miller D, Gray M. Ostomy care and management: a systematic review. J Wound Ostomy Continence Nurs. 2013 Sep-Oct;40(5):489-500.

Registered Nurses Association Of Ontario (RNAO). Ostomy care and management. Toronto: Registered Nurses’Association of Ontario; 2009. Disponível em: http://rnao.ca/sites/rnao-ca/files/Ostomy_Care__Management.pdf

Hendren S, Hammond, K, Glasgow SC, Perry WB, Buie WD et al. Clinical Practice Guidelines for Ostomy Surgery. Dis Colon Rectum 2015 [citado em 2016 abr 22]; 58: 375–387. Disponível em: https://www.fascrs.org/sites/default/files/downloads/publication/clinical_practice_guidelines_for_ostomy_surgery.pdf

Kleinubing-Júnior H, Pinho Mauro SL, Ferreira LC, Bachtold GA, Merki A. Perfil dos pacientes ambulatoriais com doenças inflamatórias intestinais. ABCD, arq. bras. cir. dig. 2011 [citado em 2016 Abr 22]; 24(3): 200-203. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202011000300004&lng=en.

Santos VLCG, Cesaretti IUR. Assistência em estomaterapia - cuidando de pessoas com estomia: 2ed. Rio de Janeiro: Atheneu; 2015.

Santos VLCG. Aspectos Epidemiológicos dos Estomas. Estima. 2007 [citado em 2016 jun 24]; 5(1). Disponível em: http://www.revistaestima.com.br/index.php/estima/article/view/207.

Secretaria de Estado de Saúde. Assessoria de Gestão Regional (Minas Gerais). O PDR - Plano Diretor de Regionalização da Saúde de Minas Gerais. Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Saúde, 2010.

Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência a Saúde (Brasil). Portaria n.400 de 16 de novembro de 2009. Institui a atenção à saúde da pessoa estomizada. Diário Oficial da União 18 nov. 2009; 220(1): 41-42.

Sampaio FAA, Aquino PS, Araújo TL, Galvão MTG. Nursing care to an ostomy patient: application of the Orem´s theory. Acta paul. enferm. 2008 [citado em 2016 abr 22]; 21(1): 94-100. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002008000100015&lng=en.

Da Paz RC, Fortes RC, Toscano BAF. Processo de envelhecimento e câncer: métodos subjetivos de avaliação do estado nutricional em idosos oncológicos. Com. Ciências Saúde. 2011 [citado em 2016 abr 22]; 22(2):143- 156. Disponível em: http://www.escs.edu.br/pesquisa/revista/2011Vol%2022_2_6_Processo.pdf.

Skeps R, McMullen CK, Wendel CS, Bulkley J, Grant M, Mohler J et al. Changes in Body Mass Index and Stoma Related Problems in the Elderly. Journal of geriatric oncology. 2013 [citado em 2016 abr 22]; 4(1):84-89. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3564631/?tool=pubmed.

Da Silva PLN, Maciel MM, Carfesan CS, Santos S, Souza JR. Política de atenção à saúde do homem no Brasil e os desafios da sua implantação: uma revisão integrativa. Enferm. glob. 2013 [citado em 2016 abr 22]; 12(32): 381-413. Disponível em: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1695-61412013000400024&lng=es.

Alencar DL, Marques APO, Leal MCC, Vieira JCM. Fatores que interferem na sexualidade de idosos: uma revisão integrativa. Ciênc. saúde coletiva. 2014 [citado em 2016 Abr 22]; 19(8): 3533-3542. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232014000803533&lng=en.

Cardoso DBR, Almeida CE, Santana ME, Carvalho DS, Sonobe HM, Sawada NO. Sexualidade de pessoas com estomias intestinais. Rev Rene. 2015 [citado em 2016 Abr 22]; 16(4): 576-85. Disponível em: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/viewFile/2051/pdf.

Sousa CF, Brito DC, Branco MZPC. Depois da colostomia… vivências das pessoas portadoras. Enfermagem em Foco 2012 [citado em 2016 Abr 22]; 3(1):12-15. Disponível em: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/213/134.

Menezes LCG, Guedes MVC, Oliveira RM, Oliveira SKP, Meneses LST, Castro ME. Prática de autocuidado de estomizados: contribuições da teoria de orem Rev Rene. 2013 [citado em 2016 Abr 22]; 14(2): 301-10. Disponível em: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/235.

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2016: incidência de câncer no Brasil: INCA; 2015.

Guimarães RM, Muzi CD, Boccolini CS, Boccolini PMM, Boeira SF. Tendência da mortalidade por câncer de cólon e reto no Brasil segundo sexo, 1980–2009 Cad. Saúde Colet. 2012 [citado em 2016 Abr 22]; 20(1): 121-7. Disponível em: http://www.cadernos.iesc.ufrj.br/cadernos/images/csc/2012_1/artigos/CSC_v20n1_121-127.pdf.

Miranda SM, Luz MHBA, Sonobe HM, Andrade EMLR, Moura ECC. Caracterização Sociodemográfi ca e Clínica de Pessoas com Estomia em Teresina. Estima. 2016 [citado em 2016 Abr 22]; 14(1): 29-35. Disponível em: http://www.revistaestima.com.br/index.php/estima/article/view/117/pdf.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n2.788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.