CONDIÇÕES DE TRABALHO DA ENFERMAGEM

Maria Helena Machado, Maria Ruth dos Santos, Eliane de Oliveira, Mônica Wermelinger, Mônica Vieira, Waldirlando Lemos, Wagner Ferraz de Lacerda, Wilson Aguiar Filho, Paulo Borges de Souza Junior, Everson Justino, Cintia Barbosa

Resumo


O artigo analisa a situação das condições de trabalho em que a equipe de enfermagem atua, incluindo variáveis em relação às condições laborais e de relacionamento.É um estudo transversal cuja população alvo é constituída por todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem do Brasil, que possuem registro ativo no Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). O estudo tem representatividade nacional, sendo capaz de gerar resultados para cada unidade da federação. Os resultados reportam ao clima de confiança e respeito entre os colegas, porém, situação preocupante quanto ao relacionamento com a população usuária de seus serviços. Mostra também que mais de ¼ da equipe veem seus chefes distantes, inacessíveis, quando necessitam de ajuda; elevado grau de insegurança e violência no ambiente de trabalho; poucos são assistidos,quando adoecem, pela própria instituição em que trabalham; além de desgaste profissional. Evidencia também a inexistência de infraestrutura de descanso no local de trabalho,independente do setor e, contabiliza acidentes de trabalho.A partir dos dados encontrados, é possível subsidiar a construção de políticas públicas adequadas com a realidade desse imenso contingente de trabalhadores, fundamentais para o SUS.

Descritores: perfil da enfermagem, condições de trabalho, equipe de enfermagem.

The article analyzes the state of working conditions in the nursing team operates, including variables with regard to labor and relationship conditions. It is a cross-sectional study whose target population consists of all nurses, technicians and nursing assistants from Brazil, which have active registration with the Federal Nursing Council (Cofen). The study has a national presence, being able to generate results for each state. The results relate to the climate of trust and respect among colleagues, a worrying situation as regards the relationship with the user population of its services. It also shows that more than a quarter of the staff see their distant, inaccessible bosses, when they need help; high degree of insecurity and violence in the workplace; few are assisted when they get sick, by the institution itself that work; They have professional wear. They also show the absence of resting infrastructure in the workplace, regardless of the sector and accounts for workplace accidents. From the data found, it is possible to subsidize the construction of public policies adequate to the reality of the huge number of workers, fundamental for the National Health System.

Descriptors: profile of nursing, working conditions, the nursing staff.

El artículo analiza el estado de las condiciones de trabajo en el equipo de enfermería opera, incluyendo variables con respecto a las condiciones laborales y de relación. Se trata de un estudio transversal cuya población objetivo consta de todas las enfermeras, técnicos y auxiliares de enfermería de Brasil, que tienen el registro activo con el Consejo Federal de Enfermería (Cofen). El estudio tiene una presencia nacional, siendo capaz de generar resultados para cada estado. Los resultados se relacionan con el clima de confianza y respeto entre colegas, una situación preocupante en cuanto a la relación con la población de usuarios de sus servicios. También muestra que más de una cuarta parte del personal de ver sus distantes, jefes inaccesibles, cuando necesitan ayuda; alto grado de inseguridad y violencia en el lugar de trabajo; pocos son asistidos cuando se enferman, por la propia entidad que el trabajo; Tienen desgaste profesional. También muestran la ausencia de infraestructura de descanso en el lugar de trabajo, independientemente del sector y representa la siniestralidad laboral. A partir de los datos que se encuentran, es posible subsidiar la construcción de políticas públicas adecuadas a la realidad de la gran cantidad de trabajadores, fundamental para el SUS.

Descriptores: el perfil de la enfermería, las condiciones de trabajo, el personal de enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências


Machado MH (Coord.), Aguiar WF, Lacerda WF, Oliveira E, W Lemos, Wermelinger M, et al. Relatório final da Pesquisa Perfil da Enfermagem no Brasil (Convênio: FIOCRUZ/COFEN). Rio de Janeiro: 28 volumes, NERHUS-DAPS-Ensp/Fiocruz e Cofen;2015.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.nESP.695

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.